Morre Rita Reys, considerada a primeira-dama do jazz na Europa

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Cantora holandesa morreu no sábado (27), aos 88 anos, com mais de 70 de carreira

A cantora holandesa Rita Reys, considerada a primeira-dama do jazz na Europa, morreu no sábado (27), aos 88 anos. Com mais de 70 anos de carreira, a artista se consolidou internacionalmente em 1956, quando gravou músicas do disco "The Cool Voice Of Rita Reys" em Nova York.

Divulgação
A cantora holandesa Rita Reys morreu aos 88 anos

Ao longo da carreira, a cantora se apresentou ao lado de outros grandes nomes do jazz, como Dizzy Gillespie, Lester Young e Art Blakey. O último show de Reys aconteceu no dia 6 de julho, com casa lotada, em Amsterdã.

Siga o iG Cultura no Twitter

Ao longo dos 70 anos de carreira, a artista colecionou diversos prêmios. Em 1960 foi nomeada primeira-dama do jazz na festival internacional de Juan Les Pins, na França. A cantora também conquistou três discos de ouro, 6 Edisons, o Grammy da Holanda, e o prêmio Bird.


Leia tudo sobre: morterita reysjazz

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas