Diana Ross conquista público em São Paulo com animado show recheado de sucessos

Por Ricardo Donisete , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Trocando cinco vezes de figurino, diva da soul music fez apresentação dançante e com poucas canções lentas românticas

Abrindo o show com a música “I’m Coming Out”, um dos seus hits mais poderosos, a cantora Diana Ross entrou no palco do Espaço das Américas, em São Paulo, na noite desta terça-feira (25), mostrando logo de cara que o posto de diva da soul music ainda é dela. Em poucos segundos, a estrela de 69 anos fez o público esquecer a meia hora de atraso do espetáculo, que devia ter começado às 21h30.

Diana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Manuela Scarpa/Foto Rio NewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNewsDiana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25). Foto: Francisco Cepeda/AgNews

Nos palcos desde muito antes de Beyoncé e Rihanna nascerem, Diana é precursora na mistura que faz o sucesso das divas da música negra até hoje, composta do som suingado das ruas combinado com uma roupagem pop. Aliás, esse mix fez a fama da lendária gravadora Motown, a qual pertenceram a própria diva sexagenária e os astros Michael Jackson, Marvin Gaye e Stevie Wonder, entre outros.

Com essa bagagem, Diana tocou por quase uma hora e meia, ao lado dos competentes nove músicos de sua banda e de um trio de vocalistas igualmente eficiente. Ela também não economizou nas trocas de figurinos, foram cinco no total, num show a parte de brilhos e cores.

Com um vestido de lurex vermelho bem brilhante, Diana apresentou a primeira parte do show com alguns sucessos do grupo que a tornou famosa internacionalmente nos anos 60, o The Supremes, como as músicas “Baby Love” e “Stop! In The Name of Love”. Sendo esta última a responsável por acordar por completo uma plateia que se mostrava fria no início do show.

Siga o iG Cultura no Twitter

Com o público já na sua mão, Diana deixou o palco para a primeira troca de figurino. De vestido prata, a cantora voltou para cantar outro hit incendiário, a música “Upside Down”. Neste momento, ela foi prontamente atendida ao pedir que o público acompanhasse o ritmo com palmas. Neste trecho do show, também merece destaque a canção “Take Me Higher”, lançada originalmente em 1995.

No momento seguinte, o mais intimista do show, Diana, vestida de preto e prata, dispensou o trio de vocalistas para cantar sozinha um clássico americano, a canção “The Look Of Love”, composta Burt Bacharach and Hal David, Originalmente do repertório da inglesa Dust Springfield, a música deixou claro que a voz da senhora Ross continua impecável.

Manuela Scarpa/Foto Rio News
Diana Ross em apresentação em São Paulo nesta terça (25)

Quarta troca de figurino, Diana aparece no palco com um volumoso vestido rosa para cantar a romântica “Do You Know Where You're Going To?”, tema do filme “Mahogany”, estrelado pela própria cantora, em 1975, contado a história de uma garota pobre que se torna uma estilista famosa na Europa.

Mas o clima mais calmo se restringiu a esta música, porque logo em seguida a estrela começou a cantar a empolgante “Ain't No Mountain High Enough”, que fez a maior parte do público se levantar.

Para fechar a noite, Diana surgiu no palco de vestido laranja. Pegando emprestado a infalível “I Will Survive” de Gloria Gaynor, ela botou todo mundo para dançar. Empolgada com a reação do público, a cantora disse que estava muito feliz por voltar ao Brasil, fazendo em seguida uma pergunta sobre a qual ela obviamente já sabia a resposta. “Vocês estão se divertindo?”, questionou.

Com um biss de apenas uma música, Diana saiu do palco muito aplaudida pela plateia, que pareceu não se importar com ausência dos sucessos “Missing You”, “Endless Love” e “It’s My Turn” do repertório da noite.

Diana se apresenta mais uma vez em São Paulo nesta quarta-feira (26). No sábado (29), é a vez do Rio de Janeiro ouvir a diva. Já na terça-feira (02), ela se apresenta em Curitiba.

Leia tudo sobre: diana rossshowigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas