As 5 maiores polêmicas de George Michael

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Cantor completa 50 anos nesta terça; britânico já teve desentendimentos com a polícia e revelou homossexualidade após ser preso

Sucesso nos anos 80 como vocalista do duo Wham!, o cantor George Michael completa 50 anos nesta terça (25). O reconhecimento alcançado nos palcos foi pontuado por polêmicas.

O cantor George Michael em show na Califórnia em 2008. Foto: APO cantor George Michael. Foto: Getty ImagesGeorge Michael. Foto: DivulgaçãoGeorge Michael em setembro de 2010. Foto: Getty ImagesO cantor pop George Michael. Foto: Getty ImagesO cantor George Michael. Foto: Getty Images

Envolvimentos com a polícia, abuso de drogas e até discussões públicas com Elton John atraíram os holofotes na direção de George Michael. O iG selecionou cinco momentos polêmicos vividos pelo cantor.

1. Em 1998, George Micheal foi preso por atendado ao pudor ao tentar fazer sexo em um banheiro masculino de Beverly Hills, em Los Angeles, com um policial à paisana. O escândalo levou o cantor a assumir a homossexualidade. E ainda foi condenado a prestar serviços comunitátios.

2. Em 2006, Michael apareceu fumando um cigarro de maconha em um programa de TV britânico. A emissora ITV fazia uma entrevista com o cantor, que se apresentava em Madri, quando ele acendeu o cigarro na frente das câmeras.

3. De volta ao banheiros públicos, só que desta vez em Londres, Michael recebeu uma advertência da polícia em 2008 por porte de drogas como cocaína e crack.

4. Elton John, que cantou "Don't Let the Sun Go Down on Me" ao lado de Michael em 1985, também esteve envolvido em polêmicas. Ele demostrava preocupação com o crescente abuso de drogas do amigo, mas George Michael bateu boca com Elton John.
"Elton John não vai ficar feliz até eu bater em sua porta no meio da noite dizendo 'por favor, por favor, me ajude, Elton. Leve-me para a reabilitação'. E isso não vai acontecer", disse Michael em 2009. Atualmente, os dois cantores já se entenderam.

5. Em 2010, George Michael foi detido depois de bater o carro em uma loja no norte da Inglaterra. O cantor ficou preso por quatro meses, já que admitiu estar dirigindo sob o efeito de drogas e estar portanto maconha.

Leia tudo sobre: george michaelaniversáriopolêmicas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas