Cantor de 83 anos fazia músicas que falavam de amores não correspondidos; Eric Clapton e David Bowie gravaram suas canções

O cantor Bobby 'Blue' Bland
Getty Images
O cantor Bobby 'Blue' Bland

Bobby "Blue" Bland, cantor de músicas como "Further on up the Road" e "Turn on Your Love Light," morreu neste domingo (23) em Memphis, nos Estados Unidos, aos 83 anos. De acordo com o filho do cantor, Bobby estava com a saúde debilitada há algum tempo.

Conhecido como o "Sinatra do Blues" por seu vocal suave e influenciado por Nat King Cole, Bobby entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em 1992, sendo conhecido como uma das últimas conexões diretas com as raízes mais tradicionais do blues.

Siga o iG Cultura no Twitter

O cantor se mudou para Memphis quando era adolescente. No local, co-fundou o grupo Beale Streeters com B.B. King e Johnny Ace. Em meados dos anos 1950, gravou com Sam Phillips, que era o fundador da Sun Records e responsável pelo lançamento das carreiras de Elvis Presley, Johnny Cash e Carl Perkins.

O primeiro sucesso de Bobby "Blue" Bland veio em 1957 com "Further on up the Road", que atingiu o primeiro lugar na parada de r&b. Foi então que ele ganhou o apelido de "Little Boy Blue", tirado de uma de suas canções que, em geral, falavam de sofrimento amoroso. Outros hits foram "I'll Take Care of You" e "Turn Your Love Light On", ambas do começo dos anos 1960.

Embora não tenha sido tão conhecido quanto seus comtemporâneos no blues, suas músicas foram influência marcante para artistas como Eric Clapton e David Bowie, que chegaram a gravar canções de Bobby no começo de suas carreiras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.