Marcelo Camelo revisita a carreira em disco e DVD; leia entrevista

Por Susan Souza , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Show foi realizado no Theatro São Pedro, em Porto Alegre; "A música é uma parte pequena do meu interesse", diz o cantor

Um feixe suave de luz corta o escuro do palco para mostrar Marcelo Camelo, que canta sentado com o violão no colo músicas de seus dois discos em carreira solo, "Sou" (2008) e "Toque Dela" (2011). Uma rabeca tocada pelo músico suíço Thomas Rohrer aparece eventualmente para fazer companhia. O show foi captado no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, em setembro de 2012.

Marcelo Camelo. Foto: DivulgaçãoMarcelo Camelo. Foto: Divulgaçãomarcelo camelo. Foto: - DivulgaçãoMarcelo Camelo se apresenta no Sesc Pompeia. Foto: Jorge Rosenberg, especial para o iGO SWU também traz outra reunião importante, a dos Los Hermanos. O show no SWU é o primeiro da banda de Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante desde 2008. Foto: Agência EstadoLos Hermanos se apresenta no festival Abril pro Rock, no Recife. Foto: Felipe Souto MaiorLos Hermanos se apresenta no festival Abril pro Rock, no Recife. Foto: Felipe Souto MaiorLos Hermanos se apresenta no festival Abril pro Rock, no Recife. Foto: Felipe Souto Maior

Siga o iG Cultura no Twitter

Este segundo DVD da carreira, gravado ao vivo no mesmo dia do show, capta o trabalho de Camelo em uma estética introspectiva, quase saudosista. Porém, essa é uma sensação que ele contesta: "Queria ter um filme mais poético, uma narrativa menos direta. Talvez por estar se fazendo pouco isso hoje em dia o filme pareça de outra época", explicou ao iG

Divulgação
O cantor Marcelo Camelo

Inspirações

"Os meus sentidos estão ligados às coisas que estão perto de mim", conta sobre a influência que também vem da mulher, a cantora Mallu Magalhães, que protagoniza ao lado dele a segunda parte do DVD "Mormaço", chamada de “Dama da Noite”. O curta foi dirigido pelo californiano Jack Coleman e filmado com câmeras de 8mm e 16mm. Cenas de turnê e do casal Marcelo-Mallu em atividades cotidianas, sem cronologia e com efeitos que lembram os filtros do Instagram, estão no filme costurado com videografismos.

"A música é uma parte pequena do meu interesse. Acho que sou mais influenciado por outras coisas da vida. A música também, mas não só ela", reflete. Algumas faixas do repertório do CD e DVD são da fase com a banda Los Hermanos, como "Casa Pré-Fabricada" e "Morena". As inéditas "Luzes da Cidade" e "Dois em Um" estão no trabalho, assim como "Porta de Cinema", composta pelo avô de Camelo, Luis Souza" - única faixa não-autoral da gravação.

Sobre a influência do Los Hermanos na música brasileira, Camelo nega que seja possível afirmar que o grupo deixou uma herança musical para a atual geração. "Apenas fico feliz em saber que fizemos companhia para as pessoas no sentimento."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas