Festival mineiro faz misturas de artistas como Tulipa Ruiz e Fernanda Takai

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Evento Conexão BH promove shows até domingo (02/6), além de festas e debates sobre mercado musical

Leonardo Lara/Divulgação
Palco do Conexão BH em 2012

O parque municipal de Belo Horizonte recebe mais de 70 artistas no festival Conexão BH (antigo Conexão Vivo) durante todo o feriado prolongado, de 29 de maio a 2 de junho. “Uma marca do evento é evitar que aconteçam espetáculos isolados. A ideia é criar relações entre os artistas no palco e tentar fazer com que elas não sejam esporádicas, além de formar público”, explicou ao iG o curador do evento Kuri Lima.

Siga o iG Cultura no Twitter

Divugação/Facebook
A cantora Tulipa Ruiz

Pela primeira vez no Conexão BH, Tulipa Ruiz, que é paulista de Santos mas foi criada na cidade mineira de São Lourenço, vai mostrar a turnê do mais recente disco, “Tudo Tanto”. “Esse encontro de artistas novos com pessoas que já têm uma estrada traz um intercâmbio bem interessante e importante, porque mistura não só os músicos mas a plateia também”, disse ao iG. No show, que acontece na sexta-feira (30), Tulipa terá a participação da cantora mineira Fernanda Takai, da banda Pato Fu. Juntas elas vão cantar a música “Mamãe Ama é o Meu Revólver”, do grupo de Fernanda. Tulipa, Fernanda e Otto ainda serão convidados do show da mexicana Julieta Venegas.

Já o DJ Waldo Squash, da Gang do Eletro, espera que o grupo seja bem recebido pela eclética plateia. “A música que a gente faz tem muita influência de reggaeton, electrohouse e dubstep. As pessoas nos recebem bem e desta vez não vai ser diferente.” O grupo de Belém do Pará vai mostrar seu tecnobrega cheio de inspirações ao público mineiro no domingo (02/6). “A cena de música brasileira vive sofrendo modificações e sempre tem um tipo novo de som. Houve uma época em que rolou a febre da lambada, do axé, agora é do arrocha. O tecnobrega é um mundo bem doido na cena musical brasileira”, analisa sobre o próprio estilo.

Atrações

Também estão confirmadas apresentações dos grupos mineiros Transmissor, Graveola e o Lixo Polifônico, Fusile, Dibigode e Zimun; os pernambucanos Academia da Berlinda; os baianos Ilê Ayê, Magary Lorde e Peu Meurray; os paraenses Dona Onete e Luê; os cariocas Do Amor, Domenico, Maira Freitas, O Terno e Mauricio Pereira. Além da mexicana Julieta Venegas, outra presença internacional é o cantor senegalês de kora Zal Sissokho.

Julieta Venegas. Foto: DivulgaçãoGang do Eletro. Foto: DivulgaçãoO cantor pernambucano Otto. Foto: DivulgaçãoTulipa Ruiz. Foto: Rodrigo Schmidt/DivulgaçãoGraveola e o Lixo Polifônico. Foto: DivulgaçãoFernanda Takai. Foto: Divulgação

Em 13 anos de existência, o Conexão abrange uma rede de eventos culturais voltada, principalmente, a artistas novos – ou nem tão novos, mas relacionados ao mundo independente – que são colocados para tocar com nomes já consagrados no mercado.

A característica de “permitir conexões de artistas em vários estágios de carreira” também se reflete no público, diz Kuri Lima. “Não tem muita fronteira. Há gente de camiseta preta e pessoas que gostam de música instrumental andando pelo evento e isso amplia a tolerância e convivência.”

Outras iniciativas

Além de shows, o Conexão mantém outras iniciativas culturais, como a promoção de festas que convidam DJs de outros Estados para trocar experiências nas festas locais, como a Cesta Básica, que vai receber DJs da festa paulistana Santo Forte.

O evento também abre espaço para a discussão sobre mercado musical e política cultural com os seminários gratuitos “Música & Movimento”, dentro do Ciclo de Discussões Livres, entre os dias 29 de maio e 2 de junho.

Dentro da programação ainda há espaço para a eliminatória nacional da etapa mineira do Duelo de MC's, desfile de blocos carnavalescos e feira de discos de vinil.

Shows do Conexão BH no Parque Municipal
Ingressos: R$ 30 (há meia entrada)
Passaporte 29 de maio a 2 de junho: R$ 100 (inteira, para todos os dias)
Vendas no site da Sympla

Circuito de Festas no Mercado das Borboletas, Granfinos e Music Hall
Ingressos: de R$20 (meia) a R$50 (inteira) de acordo com local e lote
As festas acontecem até 1º de junho
Vendas no site da Sympla

Leia tudo sobre: Conexão BHmúsicafestivalTulipa RuizGang do EletroKuri Lima

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas