"São Paulo é minha cidade também", diz Gal Costa na Virada Cultural

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Cantora baiana faz apresentação dançante, dá arranjo moderno a "Divino Maravilhoso" e emociona com"Baby"

Pontualmente às 21h deste sábado (18), Gal Costa deu início à sua dançante apresentação na Virada Cultural 2013. Sentada durante as primeiras canções, ela levantou para interpretar "Divino Maravilhoso" - composta por Gilberto Gil e tocada em arrajo moderno - e não sentou mais.

Virada Cultural: Veja os destaques do evento e imprima o roteiro

Show de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iGShow de Gal Costa na Virada Cultural. Foto: Jorge Rosenberg/iG

"Quero agradecer São Paulo. Aqui é minha cidade também, onde tudo começou, o tropicalismo. 'Divino Maravilhoso' foi aqui", afirmou a cantora baiana, que interagiu com a plateia. "É um mar de gente."

A cantora foi muito aplaudida por "O Amor", momento intimista do show, e emocionou o público com "Baby".

Gal está em turnë com seu mais novo disco, "Recanto", lançado no final do ano passado e marcado por batidas eletrônicas. Com composições e produção de Caetano Veloso, o álbum mostra um lado  artisticamente ousado da cantora em músicas como “Autotune Autoerótico”.

Na metade do show, Gal protestou contra os jornalistas: "Entrevistas à beira do palco deviam ser proibidas porque desconcentram quem está tocando", disse, pedindo para que os repórteres levassem seus entrevistados para outro lugar.

Leia tudo sobre: virada culturalvirada cultural 2013gal costaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas