Pearl Jam faz show apoteótico no encerramento do Lollapalooza

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Grupo parabenizou o casamento gay em SP e tocou seus hits para plateia de 60 mil pessoas

O Pearl Jam fechou a segunda edição do Lollapalooza com um show encorpado e apoteótico de 2h15 de duração, recheado de hits de vários discos, momentos introspectivos e declarações de amor ao Brasil.

De acordo com a organização, todos os 60 mil ingressos do terceiro dia foram vendidos para um público que, em sua maioria, compareceu para ver o grupo de Seattle liderado por Eddie Vedder.

Vedder (vocal), Stone Gossard (guitarra), Jeff Ament (baixo) e Mike McCready (guitarra), acompanhados pelo baterista Matt Cameron (também do Soundgarden), mostraram seus hinos-grunge pela terceira vez no Brasil.

Eles abriram o show com "Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town", do álbum "Vs.", lançado em 1993. A empolgação com o setlist começou com "Corduroy" e "Do The Evolution", alcançando picos de emoção na plateia quando executaram "Even Flow", single do disco "Ten", de 1991.

Pearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio AugustoPearl Jam fecha a segunda edição do Lollapalooza. Foto: Claudio Augusto

Vedder e sua turma não são mais meninos e transpareciam cansaço físico na metade do show. No entanto, nada que abalasse a técnica e sintonia. Experientes, esticavam ou encurtavam os solos quando necessário e sem perder em qualidade.

Interessando em causas sociais, Vedder parabenizou São Paulo por "aceitar o casamento entre pessoas do mesmo sexo", disse em português com ajuda de um papel. 

Outros pontos de destaque do show foram para as faixas "Daughter", "Jeremy", "Given to Fly", "Better Man" (cantada quase toda pela plateia), "Black" (ápice da emoção adolescente de qualquer fã de Pearl Jam) e "Alive".

Eles não lançam material inédito desde "Backspacer", de 2009, e vinham trabalhando na divulgação do "PJ20", que consiste em um documentário comemorativo dos 20 anos do grupo.

Na despedida do Lollapalooza, que já tem uma edição para 2014 confirmada, Vedder prometeu voltar ao Brasil: "vocês têm feito coisas boas e estamos muito felizes por fazer parte disso. Esperamos tocar aqui logo."

Leia tudo sobre: LollapaloozaPearl Jamigspmúsicaigay

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas