Artista canadense capricha em apresentação eletrônica no primeiro dia de Lollapalooza

O canadense Joel Thomas Zimmerman, mais conhecido como Deadmau5 (lê-se "dead mouse"), foi a última atração do palco Butantã no primeiro dia de Lollapalooza. O artista começou a apresentação às 20h, no horário programado, e foi um dos nomes de música eletrônica mais esperados da sexta-feira.

Debaixo de uma chuva fina, a plateia lotada mostrou empolgação e demorou para migrar para o palco Cidade Jardim, onde acontece o show do grupo The Killers, atração que fecha a primeira noite de festival.

Deadmau5 vestiu diferentes capacetes de rato - peça-central de seu figurino - como um modelo de led com temática psicodélica. Na plateia, fãs usavam imitações da máscara e mostravam bandeiras do Brasil estilizadas com o rato, em demonstrações de tietagem comuns a shows de grandes bandas.

Os pontos altos da discotecagem foram para o remix de "Killing in the Name", do Rage Against The Machine", e as faixas "Ghosts 'n' Stuffs", de 2008, "Maths" e "The Veldt", ambas de 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.