'Graças a Deus restabelecemos a amizade', diz Champignon sobre Chorão

Por Wanderley Preite Sobrinho - iG São Paulo | - Atualizada às

Texto

Baixista do Charlie Brown Jr. lamenta morte do cantor, com quem teve brigas públicas; questionado sobre fim da banda, ele demonstrou irritação

O baixista do Charlie Brown Jr., Champignon, lamentou a morte do cantor da banda, Chorão, cujo corpo foi encontrado nesta quarta-feira (6), em São Paulo. "A gente brigou algumas vezes na vida, mas graças a Deus restabelecemos a amizade", declarou.

Leia também: Chorão, da banda Charlie Brown Jr., é encontrado morto em São Paulo

O cantor Chorão, do Charlie Brown Jr, morto em 2013. Foto: Facebook/ReproduçãoO cantor Chorão, do Charlie Brown Jr, morto em 2013. Foto: Facebook/ReproduçãoChorão era o vocalista da banda Charlie Brown Jr., que estourou nos anos de 1990. Foto: DivulgaçãoChorão foi o único integrante a permanecer em todas as formações da banda. Foto: Facebook/ReproduçãoO vocalista do Charlie Brown Jr, Chorão. Foto: DivulgaçãoChorão e Champignon, vocalista e baixista do Charlie Brown, tiveram várias brigas. Foto: ReproduçãoChorão em participação especial no programa 'Caldeirão do Huck',  na Globo. Foto: DivulgaçãoEntre as parcerias feitas por Chorão na música está a formada com o cantor Gabriel, O Pensador. Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira, Champignon foi o primeiro integrante da banda a chegar ao local em que o corpo foi encontrado. O baixista afirmou que não via Chorão desde 22 de fevereiro, quando fizeram um show em Balneário Camboriú (SC).

O grupo então tirou férias e só retomaria as atividades em 22 de março. "A gente ia tocar (nesta data), mas isso não vai mais acontecer", disse Champignon. Questionado por um jornalista sobre o fim da banda, o baixista demonstrou irritação e afirmou: "Pô, cara, essa é uma pergunta que você mesmo pode responder.

Champignon se recusou a fazer qualquer comentário sobre a possibilidade de a morte de Chorão estar ligada ao uso de drogas.

Brigas

Criada em 1992, a banda teve trajetória marcada por disputas e brigas entre os integrantes.

A mais grave ocorreu em 2005, quando Marcão, Renato, Pelado e Champignon deixaram o grupo alegando divergências musicais. Chorão seguiu em frente com uma nova formação.

Leia também: Após vender 5 milhões de discos, Chorão pretendia escrever biografia

Em 2011, o guitarrista Marcão e o baixista Champignon voltaram a integrar o Charlie Brown Jr. Mas isso não significaria o fim das polêmicas. Em 2012, durante show em Apucarana (PR), Chorão deu uma bronca pública no baixista, dizendo que ele deveria "ficar muito grato" por ter sido aceito de volta após tê-lo acusado de roubar dinheiro do grupo.

Após ouvir a bronca calado, Champignon deixou o palco sob aplausos e gritos de "arregou". Dois dias depois, a banda divulgou um vídeo no qual Chorão se desculpou pelo ocorrido, dizendo que o problema estava resolvido. Em seguida, o baixista disse estar arrependido sobre o que falou do vocalista.

Veja o vídeo da briga:


Leia tudo sobre: morte de chorãochorãochampignonigspcharlie brown jr
Texto

notícias relacionadas