Madonna é a artista musical que mais lucrou em 2012

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Graças a turnê mundial, cantora norte-americana abocanhou R$ 70,6 milhões no ano passado

Reuters

Madonna foi apontada nesta sexta-feira (dia 22) como a artista mais lucrativa na música em 2012. Com a ajuda de uma turnê mundial, ela levou para casa US$ 34,6 milhões (R$ 70,6 milhões), o que destaca o poder aquisitivo de shows ao vivo no momento em que a indústria fica cada vez mais digital.

A "material girl" de 54 anos ficou pela segunda vez no topo da lista anual da revista Billboard com os 40 que mais lucraram, depois de ganhar cerca de US$ 32 milhões (93,5% de sua renda) apenas com a turnê "MDNA", que teve 88 shows.

VEJA FOTOS DO SHOW DE MADONNA EM PORTO ALEGRE, EM 2012

Madonna beija o namorado em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsMadonna e o filho Rocco, em show em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: AgNewsShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoPúblico no show de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: DivulgaçãoShow de Madonna em Porto Alegre. Foto: Divulgação

Madonna, que também liderou a lista em 2008 por causa de sua renda obtida com uma turnê, foi a única mulher nos dez primeiros lugares. A vencedora do ano passado, Taylor Swift, caiu para a 15ª posição, já que não saiu em turnê em 2012.

Veja - Madonna no Rio: “Sou periguete. Estou gostosa?”

Em segundo lugar na lista da revista de música estava Bruce Springsteen, cuja renda de US$ 33,4 milhões também foi impulsionada principalmente pela turnê, tocando em estádios e arenas lotados.

Getty Images
Bruce Springsteen canta no Hyde Park, em Londres

Springsteen, que também divulgou no ano passado um álbum número 1, "Wrecking Ball", obteve 92% de sua renda dos shows ao vivo, onde a forte venda de merchandising também aumentou os lucros.

O fundador do Pink Floyd, Roger Waters, ficou em um distante terceiro lugar, com US$ 21 milhões de lucro, em grande parte por causa da turnê "The Wall Live". O Van Halen ficou em quarto, com US$ 20 milhões depois de sair em turnê em apoio ao álbum "A Different Kind of Truth".

Siga o iG Cultura no Twitter

"Quando se trata de marcar a maior pontuação, a maior parte do dinheiro sempre vem de shows bem-sucedidos ao vivo", disse o analista editorial da Billboard, Glenn Peoples, explicando a lista. "Ironicamente, os artistas com turnês mais populares já passaram bastante de seu auge na venda de álbuns nas paradas."

O veterano da música country Kenny Chesney, a Dave Matthews Band, os cantores country Tim McGraw e Jason Aldean e a banda britânica Coldplay ocupam o restante da lista dos 10 mais.

A décima posição foi ocupada pela sensação teen canadense Justin Bieber, que ganhou quase US$ 16 milhões, sendo US$ 10 milhões de sua turnê "Believe", que teve os ingressos esgotados.

Getty Images
Taylor Swift durante apresentação no Grammy 2013

"As 10 primeiras posições obtiveram em média 84,2% de sua renda de shows, e o número teria sido maior se não fosse pelos meros 60,1% de Justin Bieber na décima posição derrubando a média", disse a Billboard.

No entanto, a turnê não foi vital para todos os artistas da lista, a exemplo de Swift e da britânica Adele. Swift ganhou US$ 12,7 milhões depois de vender em sua maior parte faixas digitais em 2012. Ela vendeu mais de 3 milhões de álbuns digitais e 15,6 milhões de faixas digitais impulsionadas por seu sucesso "We Are Never Ever Getting Back Together".

Adele tirou licença no ano passado depois de ter um filho, mas ainda ganhou quase US$ 14 milhões, deixando-a na 11ª posição na lista devido à forte venda digital do álbum "21".

A lista foi compilada pelos editores da Billboard usando dados dos arquivos Boxscore de números brutos de concertos nos Estados Unidos, dados para vendas da Nielsen SoundScan e dados da Nielsen BDS.

Leia tudo sobre: madonnabruce springsteentaylor swiftadelejustin biebermúsicabillboard

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas