Dominguinhos inicia sessões de hemodiálise

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Internado desde dezembro por uma infecção respiratória, cantor mantém-se sem sedação

AgNews
Dominguinhos no Prêmio Shell

O cantor José Domingos de Moraes, o Dominguinhos, vem respondendo ao tratamento para uma infecção respiratória e arritmia cardíaca, informou o boletim médico deste domingo (6).

Siga o iG Cultura no Twitter

O músico inicia hoje uma série de sessões de hemodiálise, devido ao comprometimento de sua função renal. Desde a retirada da sedação, no dia 2 de janeiro, o músico segue sonolento e sem estabelecer contato, permanecendo em ventilação mecânica.

Ainda de acordo com o boletim, também permanecem o marca-passo temporário e a medicação contra uma arritmia cardíaca. O quadro neurológico vem sendo acompanhado e, até agora, não há sinais de lesão cerebral.

Dominguinhos está internado desde 17 de dezembro no Hospital Santa Joana, no Recife. O boletim é assinado pelo médico Odin Barbosa da Silva, coordenador do Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Leia também: Dominguinhos: do preconceito da bossa ao reconhecimento da MPB

Com mais de 50 anos de carreira, iniciada quando tinha nove anos de idade, o cantor pernambucano é um dos mais marcantes nomes do forró. Ele acumula grandes sucessos como "De Volta Pro Aconchego", "Gostoso Demais" e "Tenho Sede". A clássica "Eu Só Quero um Xodó", de 1973, já foi gravada em diversas línguas.

Participou do documentário “O Milagre de Santa Luzia”, de Sergio Roizenblit, no qual conduziu uma viagem pelo Brasil que toca sanfona. O filme está disponível em DVD.

Em 2010, foi homenageado pelo Prêmio Shell de Música. Um show no Rio de Janeiro contou com convidados como Elba Ramalho, Gilberto Gil e Marcelo Mimoso.

Leia tudo sobre: Dominguinhosmúsica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas