Guitarrista entrou para a história como o maior inovador do instrumento

Jimi Hendrix completaria 70 anos nesta terça (27). Tido como o mais influente guitarrista da história do rock, o norte-americano tinha 27 anos quando foi encontrado morto no Hotel Samarkand, em Londres. Hendrix asfixiou-se em seu próprio vômito.

A idade de Hendrix no momento da tragédia ajudou na criação do mítico "Clube dos 27", formado por músicos que morreram aos 27 anos - a última a integrar a lista foi a cantora Amy Winehouse.

Siga o iG Cultura no Twitter

James Marshall Hendrix nasceu em Seattle, nos Estados Unidos. Sua carreira musical engrenou no início dos anos 1960, período em que tocou em bandas de apoio de artistas como Curtis Knight e Little Richard. Sobre o último, Hendrix teria dito que gostaria de "fazer com a guitarra o que Little Richard faz com a voz".

Jogo das guitarras: Acerte o nome do músico de cada instrumento

Descoberto por Chas Chandler, baixista do grupo de rock britânico The Animals, Hendrix foi para a Inglaterra, onde formou a Jimi Hendrix Experience com o baixista Noel Redding e o baterista Mitch Mitchell.

Em sua breve carreira o grupo lançou três álbuns -"Are You Experienced" (1967), "Axis: Bold as Love" (1967) e "Electric Ladyland" (1968) - e participou de eventos históricos, como o Festival de Woodstock e o Festival da Ilha de Wight.

Leia também: Disco com músicas inéditas de Jimi Hendrix sai em março

Mesmo quatro décadas após sua morte, a influência de Hendrix entre roqueiros e guitarristas continua viva. Entre seus fãs declarados, estão músicos como Carlos Santana, Eric Clapton e Jeff Beck.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.