Pai de Amy Winehouse bloqueia peça sobre a filha

Espetáculo retrataria a relação da cantora com as drogas e com o álcool e seu casamento com Blake Fielder-Civil

AFP |

AFP

Uma peça de teatro em Copenhague sobre a vida da cantora britânica Amy Winehouse foi bloqueada pelo pai da artista, informou o órgão dinamarquês de direitos autorais nesta segunda-feira (dia 26).

A peça, intitulada "Amy", deveria estrear no Royal Danish Theatre em janeiro, mas foi cancelada porque a KODA, a empresa que administra os direitos autorais de música na Dinamarca, retirou sua permissão para utilizar canções de Winehouse na peça.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Foi o pai de Amy Winehouse que atrapalhou o processo", afirmou o porta-voz da KODA, Nicolaj Hylten-Cavallius, à AFP. Mitch Winehouse contatou a empresa através de seu editor musical nas últimas semanas. A KODA autorizou anteriormente a performance, mas suas decisões sempre estão sujeitas a mudanças se o detentor dos direitos retirar a permissão, acrescentou.

A vencedora de prêmios Grammy Amy Winehouse morreu em julho de 2011, aos 27 anos , por intoxicação alcoólica.

Em outubro, pouco depois do anúncio da peça, Mitch Winehouse chamou o show de "um monte de lixo" e insistiu que era "apenas um meio de ganhar dinheiro", de acordo com o site do Yahoo! UK.

Leia também: Retrado de Amy Winehouse vai à National Portrait Gallery

Emmet Feigenberg, diretor artístico do Royal Danish Theatre, respondeu que "a performance não será nenhuma galinha dos ovos de ouro" e seria realizada por apenas 13 vezes em um dos menores palcos do teatro, de acordo com o site.

"Lamentamos muito por isso... e não sabemos o que colocar no lugar da peça", afirmou David Pepe Birch, um porta-voz do Danish Royal Theatre, à AFP.

Escrito em dinamarquês por um grupo de 11 pessoas chamado "Det Roede Rum" ("O Quarto Vermelho"), a peça retrataria a relação de Amy Winehouse com as drogas e com o álcool e seu casamento com Blake Fielder-Civil.

    Leia tudo sobre: amy winehousemúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG