Prodígio do jazz, Austin Peralta morre aos 22 anos de causa desconhecida

Pianista norte-americano se apresentou no Brasil em setembro; ouça uma música

iG São Paulo |

Divulgação
O músico Austin Peralta

Considerado um prodígio do jazz, o pianista norte-americano Austin Peralta foi encontrado morto na quarta-feira (dia 21), segundo informações da revista britânica Fact. Ele tinha 22 anos. A causa da morte é desconhecida.

Austin Peralta havia se apresentado no Brasil em setembro. Ele fez um show no Cine Joia, em São Paulo.

Siga o iG Cultura no Twitter

Filho do skatista e cineasta Stacy Peralta, o pianista lançou seu primeiro disco, "Maiden Voyage", em 2006. O terceiro e mais recente, "Endless Planets", saiu em 2011.

"Na verdade, considero este trabalho o meu disco de estreia. Nos dois primeiros, eu era muito novo, deixei tudo nas mãos de um produtor. Este é o primeiro álbum em que tenho controle sobre o trabalho", disse Austin em entrevista ao iG .

Entrevista: Austin Peralta relembra sua carreira ao iG

O disco "Endless Planets" mostra Austin próximo da música experimental e eletrônica - foi lançado inclusive pelo selo Brainfeeder, capitaneado pelo produtor Flying Lotus.

"O bom do jazz é que ele pode absorver qualquer tipo de influência e mesmo assim manter sua essência", disse o músico na entrevista ao iG . Austin já havia trabalhado com músicos como Erykah Badu, Flying Lotus, The Cinematic Orchestra e Jaga Jazzist.

Ouça abaixo a música "Capricornus", de Austin Peralta.


    Leia tudo sobre: austin peraltamúsicajazz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG