Em Grammy Latino que homenageou Caetano, colombiano Juanes é principal ganhador

Cantor levou nas categorias Álbum do Ano e Vídeo Musical e tornou-se recordista em prêmios no evento, com 19 no total

iG São Paulo - por Evelyn Rodrigues, em Las Vegas |

O baiano Caetano Veloso foi o grande homenageado do Grammy Latino 2012, que aconteceu nesta quinta-feira (dia 15) em Las Vegas, EUA. O brasileiro, que já tinha sido condecorado na noite de quarta-feira (14) com o prêmio de Personalidade do Ano , recebeu nova homenagem durante a entrega dos prêmios principais da noite, depois de levar mais um Grammy Latino para casa como vencedor da categoria Melhor Álbum de MPB por "Especial Ivete, Gil e Caetano".

Um vídeo trouxe alguns momentos da carreira e da obra de Caetano, apresentando o brasileiro como o "máximo vanguardista, autor de um experimento interminável e um dos grandes virtuosos artistas do mundo musical".

Getty Images
O colombiano Juanes em apresentação no Grammy Latino 2012

"Da Bahia para o Mundo vamos receber um cavaleiro de Fina Estampa", anunciou o apresentador Cristian de la Fuente. E lá veio Caetano, cantando "Cappulito de Aleli" e "Odara", acompanhado pelo músico cubano Arturo Sandoval. Aplaudido de pé, o brasileiro encerrou assim a sua participação no primeiro Grammy Latino de sua carreira.

Entre os destaques da noite, o cantor colombiano Juanes levou o prêmio de Álbum do Ano pelo "MTV Unplugged" (que teve produção de Juan Luiz Guerra) e Melhor Vídeo Musical Versão Longa. Ele tornou-se o artista que mais ganhou o Grammy Latino, ao lado da banda porto-riquenha Calle 13 (ambos venceram 19 vezes cada).

"Estou muito feliz por essa oportunidade incrível. Eu jamais imaginava que fosse levar esses dois prêmios hoje. É como se eu estivesse vivendo um sonho, principalmente quando eu lembro de todo o processo desde a concepção desse disco. Grande parte desse prêmio eu devo ao Juan (Juan Luiz Guerra)", declarou o colombiano que se apresentou no evento com o guitarrista Carlos Santana.

Já a dupla mexicana Jessy e Joy levou os cobiçados prêmios Gravação do Ano, Música do Ano, Melhor Vídeo Musical Versão Curta e Melhor Álbum Pop Vocal Contemporâneo.

Despedida de Las Vegas

Durante coletiva de imprensa ao final do evento, o presidente da premiação, Gabriel Abaroa, disse que este foi o último evento realizado em Las Vegas. "A situação econômica desse país está muito delicada e nós tivemos que dividir o evento em vários cassinos neste ano. Eu gostaria que o evento pudesse acontecer durante mais dias, mas aqui fica muito caro", afirmou. Abaroa, no entanto, ainda não tem um local definido para a realização do Grammy Latino 2013.

Veja a lista completa das categorias em que artistas brasileiros foram indicados:

Álbum do ano
- Chico, de Chico Buarque
- Especial Ivete, Gil e Caetano, de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo
- Independiente, de Ricardo Arjona
- Un Pokito De Rocanrol, de Bebe
- Eso Es Lo Que Hay, de ChocQuibTown
- ¿Con Quién Se Queda El Perro?, de Jesse e Joy
- MTV Unplugged, de Juanes
- Déjenme Llorar, de Carla Morrison
- Peligro, de Reik
- Dear Diz (Everyday I Think Of You), de Arturo Sandoval

Gravação do ano
- Atrás Da Porta, de Ivete Sangalo
- Fuiste Tú, de Ricardo Arjona com Gaby Moreno
- Calentura, de ChocQuibTown Featuring Tego Calderón e Zully Murillo
- Que Te Vaya Mal, de Kany García
- En El Cielo No Hay Hospital, de Juan Luis Guerra
- ¡Corre!, de Jesse y Joy
- Azul Sabina, de Juanes con Joaquín Sabina
- Hasta Que Te Conocí, de Maná
- No Me Compares, de Alejandro Sanz
- Bésame Mucho, de Zoé 

Canção do ano
- Extranjero, escrita por Maycon Ananias e Cassyano Correr, interpretada por Maria Gadú
- Azul Sabina, escrita por Juan Luis Guerra, Juanes e Joaquín Sabina, interpretada por Juanes y Joaquín Sabina)
- ¡Corre!, escrita por Jesse e Joy e Tommy Torres, interpretada por Jesse e Joy
- Creo En Ti, escrita por Kiko Cibrián, Gilberto Marín, Julio Ramírez e Mónica Vélez, interpretada por Reik
- Déjenme Llorar, escrita e interpretada por Carla Morrison
- En El Cielo No Hay Hospital, escrita e interpretada por Juan Luis Guerra
- Estoy Hecho De Pedacitos De Ti, escrita por José Luis Latorre, Antonio Orozco e Xavi Pérez, interpretada por Antonio Orozco com Alejandro Fernández
- Fuiste Tú, escrita por Ricardo Arjona, interpretada por Ricardo Arjona com Gaby Moreno
- Invisible, escrita por Amaury Gutiérrez e Gian Marco, interpretada por Gian Marco
- No Me Compares, escrita e interpretada por Alejandro Sanz

Revelação do ano
- Gaby Amarantos
- Deborah de Corral
- Elain
- Ulises Hadjis
- Los Mesoneros
- Juan Mágan
- Rosario Ortega
- Piso 21
- 3BallMTY
- Ana Victoria

Categorias brasileiras

Melhor canção:
"Ai se eu te pego" - Michel Teló (Antonio Dyggs e Sharon Axé Moi)
"Querido Diário" - Chico Buarque (Chico Buarque)
"Amor é pra quem ama" - Lenine (Lenine e Ivan Santos)
"Ainda Bem" - Marisa Monte (Arnaldo Antunes e Marisa Monte)
"A doida" - Seu Jorge (Pretinho da Serrinha, Leandro Fab e Seu Jorge)
(Informações dos compositores foram retirados do site oficial do Grammy latino)

Melhor álbum pop contemporâneo:
"Não tente compreender" - Mart'nália
"Reza" - Rita Lee
"Músicas para churrasco vol. 1" - Seu Jorge
"Pelo sabor do gesto em cena" - Zélia Duncan
"Caravana sereia bloom" - Céu

Melhor álbum de rock:
"Elektra" - RPM
"Multishow ao vivo NxZero 10 anos" - NxZero
"Celebração & sacrifício" - Beto Lee
"Ao vivo no Rock In Rio" - Ira! e Ultraje A Rigor
"Depois de um longo inverno" - CPM 22

Melhor álbum de samba/pagode:
"Ousadia & alegria" -Thiaguinho
"15 anos ao vivo" - Sorriso Maroto
"Só danço samba ao vivo" - Emílio Santiago
"Nosso samba tá na rua" - Beth Carvalho
"Duas faces ao vivo na mangueira" - Alcione

Melhor álbum de MPB:
"Especial Ivete, Gil e Caetano" - Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo
"Elo" - Maria Rita
"Raiz" - Leila Pinheiro
"O que você quer saber de verdade" - Marisa Monte
"Amorágio" - Ivan Lins
"João Bosco 40 anos depois" - João Bosco
"Oásis de Bethânia" - Maria Bethânia

Melhor álbum de raiz:
"Canibália - Ritmos Do Brasil (Ao Vivo)" - Daniela Mercury
"Jammil Na Real" - Jammil
"Iluminado" - Dominguinhos
"Forró chorado" - Oswaldinho do Acordeon
"Treme" - Gaby Amarantos

Melhor álbum sertanejo:
"Amor de alma" - Victor & Leo
"Na balada" - Michel Teló
"Quando chega a noite" - Luan Santana
"Meus encantos" - Paula Fernandes
"Acústico na ópera de arame" - Fernando & Sorocaba
"Pra ser feliz" - Daniel
"Chitãozinho & Xororó 40 anos - Sinfônico" - Chitãozinho & Xororó

    Leia tudo sobre: grammy latinomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG