Caetano Veloso agradece a honra de ser homenageado no Grammy Latino

Artistas como Seu Jorge, Maria Gadú, Alexandre Pires e Ivete Sangalo participaram de festa em Las Vegas

AFP |

AFP

AFP
Caetano Veloso ao ser homenageado pelo Grammy Latino

Caetano Veloso afirmou que foi uma honra ser homenageado como a Personalidade do Ano 2012 pelo Grammy Latino, e se disse emocionado porque essa distinção vem "de todas as pessoas que cantam na América Latina".

Em um rápido bate-papo com os jornalistas no tapete vermelho do jantar que reuniu inúmeras estrelas musicais em Las Vegas, na quarta-feira (dia 14), Caetano afirmou que a música de seu repertório com que mais se identifica talvez seja "Coração Vagabundo", de 1967. Também comentou que acaba de finalizar um novo álbum, que será lançado em dezembro.

Entre os artistas convidados para cantar na festa de gala realizada um dia antes da entrega do prêmio da Academia Latina da Gravação, figuraram Seu Jorge, Maria Gadú, Alexandre Pires e Ivete Sangalo, que deram o sabor brasileiro a uma festa em geral de língua espanhola.

Também se apresentaram o espanhol Enrique Bunbury, a americana Natalie Cole - filha da lenda do jazz Nat King Cole -, a canadense de origem portuguesa Nelly Furtado, o dominicano Juan Luis Guerra, o colombiano Juanes e os espanhóis La Mala Rodríguez e Alejandro Sanz, entre outros.

"Caetano merece ser a Pessoa do Ano todos os anos", comentou Milton Nascimento aos jornalistas, depois de receber, na manhã de quarta-feira, o Prêmio à Excelência.

Nessa outra cerimônia prévia aos festejos do Grammy Latino, o brasileiro Toquinho também foi premiado, apesar de não comparecer por problemas de saúde.

O baiano de 70 anos, vencedor de dois Grammy e oito Grammy Latinos, também foi indicado em quatro categorias, incluindo a de Melho Álbum do Ano e Melhor Álbum de Música Popular Brasileira por "Especial Ivete, Gil e Caetano", de Caetano Veloso e Gilberto Gil com Ivete Sangalo.

"Sou fã demais do Caetano, ele é um gênio e tudo que espero fazer na minha carreira, ele fez", declarou a cantora pop mexicana Julieta Venegas.

"Amo Caetano. Ele é um deus", comentou, por sua vez, o cantor e compositor venezuelano Ulises Hadjis, comparando Veloso a James Joyce. "Tomara que eu o conheça, mas sou muito ambicioso e quero ser seu amigo", acrescentou o jovem indicado três vezes, inclusive como Melhor Revelação.

Ao longo de sua carreira, Caetano já gravou mais de 40 álbuns (entre eles "Tropicália", "Fina Estampa" e "Noites do Norte"), publicou cinco livros, dirigiu um filme e ganhou inúmeros prêmios.

No passado, a Academia Latina da Gravação entregou essa distinção para artistas como Shakira, Plácido Domingo, Gloria Estefan, Julio Iglesias e Carlos Santana.

Para o Grammy Latino que será entregue nesta quinta-feira, Juan Luis Guerra e a dupla mexicana pop Jesse & Joy são os favoritos, com seis e cinco indicações, respectivamente.

Enquanto isso, o guatemalteco Ricardo Arjona, o colombiano Juanes, a mexicana Carla Morrison, o cubano Arturo Sandoval e Ivete Sangalo aspiram a quatro gramofones dourados.

O tema "Sabina Azul", escrito por Juan Luis Guerra, Juanes e Joaquín Sabina, do disco Juanes MTV Unplugged, destaca-se entre as canções concorrentes a romântica "Fuiste tú", interpretada por Arjona ao lado de Gaby Moreno.

Os novos artistas indicados são a brasileira Gaby Amarantos, as argentinas Deborah de Corral e Rosario Ortega, o cubano Elain, os venezuelanos Ulisses Hadjis e Los Mesoneros, o espanhol Juan Magán, os colombianos Piso 21, os mexicanos da 3BallMTY e a americana Ana Victoria.

Outros artistas consagrados concorrem por um Grammy este ano, como Alejandro Sanz, David Bisbal, José Luis Perales, Daddy Yankee, Don Omar, Chico Buarque, Rubén Blades, Chuchito Valdés e Shakira, esta última por seu clipe "Live from Paris".

Também se destaca a banda colombiana ChocQuibTown, indicada para Melhor Álbum do Ano e Melhor Álbum Alternativo por "Eso Es lo Que Hay" e Gravação do Ano pela música "Calentura", além do uruguaio Juan Campodónico, que vai competir com Morrison, Caetano Veloso e a espanhola Bebe na categoria de Melhor Canção Alternativa por "1987" (do albúm Campo).

Na categoria rock disputam Molotov, No Te Va Gustar, Vega, El Cuarteto de Nos, Doutor Krápula e Los Claxons, entre outros.

Enquanto isso, nas categorias reservadas à música mexicana, competem Pepe Aguilar, Shaila Dúrcal, Pedro Fernández, Miguel e Miguel e Trio Ellas.

Apresentada pelo ator chileno Cristián de la Fuente e seu colega mexicano Lucero, a cerimônia acontecerá no hotel Mandalay Bay, em Las Vegas, na quinta-feira e será transmitida ao vivo a partir das 19h (0h no horário de Brasília).

    Leia tudo sobre: caetano velosogrammy latinomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG