Em "Luz & Sombra: Conversas com Jimmy Page", guitarra é a protagonista

Livro é prato cheio para aficionados pelos solos e melodias do guitarrista do Led Zeppelin, dissecados em entrevistas feitas ao longo dos últimos 20 anos

Bruno Capelas - iG São Paulo |

O ano de 2012 tem sido bastante especial para os fãs brasileiros do Led Zeppelin. Em outubro, o país viu a bela passagem de Robert Plant com uma turnê de oito shows, e fez parte do lançamento mundial de “Celebration Day” , filme que mostra o último show da banda, realizado em 2007 com Jason Bonham assumindo as baquetas no lugar do pai, John Bonham.

Siga o iG Cultura no Twitter

Neste mês, um livro que detalha com propriedade as canções e gravações do grupo inglês chega às livrarias brasileiras. Escrito pelo jornalista Brad Tolinski, editor-chefe da revista Guitar World, “Luz & Sombra: Conversas com Jimmy Page” (Globo Livros, 288 páginas, R$ 39,90) reúne entrevistas feitas com o guitarrista do Led Zeppelin ao longo dos últimos 20 anos.

INFOGRÁFICO:  Acerte o nome do músico de cada guitarra

Getty Images
Robert Plant e Jimmy Page em show do Led Zeppelin em Chicago, 1975

Cobrindo toda a trajetória do músico, dos tempos trabalhando em estúdios até os dias de hoje, passando pelas parcerias com Paul Rodgers e David Coverdale, o livro procura deixar clara a importância de Page para o rock’n’roll, não só como instrumentista, mas também como produtor. Em certo momento, por exemplo, Tolinski informa aos leitores que uma das primeiras captações decentes do som de uma bateria foi idealizada por Page.

Divulgação
Detalhe da capa de 'Conversas com Jimmy Page'

“Luz & Sombra” dá muito foco às guitarras: páginas e páginas são gastas comentando riffs, solos e texturas do instrumento, prato cheio para quem quiser seguir os passos de Jimmy Page. Quem nunca segurou uma palheta na mão, porém, pode se frustrar com a leitura, recheada de termos técnicos e distanciada do leitor comum.

Leia também:  Jimmy Page prepara relançamento da discografia do Led Zeppelin

Se a ideia é saber mais sobre a vida pessoal de James Patrick Page, nome completo do guitarrista, esqueça: deixar isso de lado foi uma exigência desde as primeiras entrevistas. A infância e a adolescência do músico, portanto, são descritas em menos de dez páginas, deixando bastante curiosidade sobre a criação de Page.

Os relacionamentos e excessos típicos de um rockstar são citados com bastante parcimônia pelo livro, sem sensacionalismo e sem grandes arroubos. Já o interesse do ex-integrante do Led Zeppelin por magia negra e misticismo aparece com bastante destaque, trazendo certo tom inusitado aos diálogos travados por ele e com o autor.

Antes de cada rodada de perguntas, “Luz & Sombra” apresenta pequenos capítulos introdutórios sobre a situação da carreira de Page em determinadas épocas, ajudando o leitor a contextualizar melhor as questões feitas por Tolinski.

Leia também:  Led Zeppelin evita questões sobre reencontro em lançamento de filme

Como bônus, o livro ainda traz entrevistas especiais feitas com amigos e parceiros de Page, como Jeff Beck, John Paul Jones e Jack White. Outro destaque são matérias aleatórias (porém deliciosas) que cobrem aspectos curiosos da vida do artista, como um inventário de suas guitarras, um depoimento do estilista John Varvatos sobre sua influência na moda masculina e até mesmo um mapa astral do músico.

Ao longo de suas 288 páginas, "Luz & Sombra: Conversas com Jimmy Page" acaba sendo muito mais interessante para os já iniciados na obra do guitarrista que criou hinos como "Stairway to Heaven" e "Kashmir".

    Leia tudo sobre: led zeppelinjimmy pagerockbiografias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG