Courtney Love nega produção de musical sobre Kurt Cobain, mas negocia filme

Viúva do líder do Nirvana está receosa quando à "exploração comercial" do legado do marido

iG São Paulo |

A viúva de Kurt Cobain, Courtney Love, negou neste final de semana a produção de um musical sobre a vida do vocalista do Nirvana . Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Love desmentiu a declaração de seu empresário, Sam Lufti, de que um projeto para o cinema ou teatro estaria sendo desenvolvido.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Não haverá nenhum musical", disse ela. "Às vezes é melhor deixar as coisas como estão."

Reprodução
Kurt Cobain de óculos e chapéu durante sessão de fotos na década de 1990

Não está descartado, no entanto, um longa-metragem sobre a vida do casal. De acordo com o jornal, Love estaria discutindo a ideia com o diretor Brett Morgen, por trás de "Crossfire Hurricane", documentário comemorativo dos 50 anos dos Rolling Stones , e "O Show Não Pode Parar", sobre o lendário produtor hollywoodiano Robert Evans.

Jorge Rosenberg
Courtney Love em 2011, durante show do Hole no festival SWU, em Paulínia (SP)

Mesmo assim, a líder da banda Hole estaria receosa com relação à exploração comercial do legado de Cobain. Ela citou, por exemplo, a utilização do hit "Smells Like Teen Spirit" no filme "Os Muppets" .

"Sei que Kurt não gostaria de ser um Muppet. Foi uma desgraça, como urinar numa sepultura."

GALERIA: VEJA IMAGENS DA TRAJETÓRIA DE KURT COBAIN

Courtney Love vendeu metade dos direitos autorais do catálogo do Nirvana para a empresa Primary Wave Music, autorizada a negociar as músicas do grupo. Por conta disso, em breve a rede NBC estreia nos EUA a série cômica "Smells Like Teen Spirit", do roteirista de "The Big Bang Theory", que segue um adolescente gênio da informática, filho de um casal saudoso da música grunge.

Vocalista e guitarrista do Nirvana, Kurt Cobain formou a banda com o baixista Krist Novoselic em 1987 – mais tarde, Dave Grohl assumiria a bateria.

Com "Nevermind" (1991), seu segundo disco, a banda revolucionou o rock ao quebrar a barreira que havia entre artistas independentes e comerciais. Puxado pelo single "Smells Like Teen Spirit", "Nevermind" já vendeu mais de 30 milhões de cópias.

Transformado em uma megabanda, o Nirvana lançaria ainda o disco "In Utero" (1993). Pouco depois, em abril de 1994, Kurt Cobain cometeu suicídio.

    Leia tudo sobre: nirvanakurt cobaincourtney love

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG