"Uma reunião do Oasis deveria acontecer", diz guitarrista

Andy Bell, hoje no Beady Eye, mas que já integrou o Oasis, afirma que tudo depende dos irmãos Gallagher

iG São Paulo |

Getty Images
Andy Bell, guitarrista do Beady Eye

O guitarrista do grupo Beady Eye, Andy Bell, disse em entrevista ao site Drowned In Sound que adoraria participar de uma reunião do Oasis, sua ex-banda. "A vida é muito curta para que não aconteça. Mas nesse momento eu não vejo acontecer. Tudo depende dos irmãos Gallagher. Deve ocorrer em algum momento, mas se eles não quiserem ninguém deveria forçá-los".

Siga o iG Cultura no Twitter

Bell também falou sobre a utilização de músicas do Oasis em shows da Beady Eye, revelando que isso pode voltar a acontecer no futuro. "Não tocamos material do Oasis porque queremos que o Beady Eye crie sua própria identidade".

"Quando entramos em turnê, queríamos que o público se acostumasse com a ideia de que éramos uma banda nova, e não uma continuação do grupo antigo – mesmo com o Beady Eye soando parecido com o Oasis. Exceto pela presença de Noel", disse.

Leia também: Liam Gallagher canta sucessos do Oasis pela primeira vez desde 2009

Formado em 1994, o Oasis encerrou suas atividades em outubro de 2009, um mês após a saída de Noel Gallagher. No mesmo ano, Liam criou o Beady Eye, enquanto seu irmão fundou o projeto solo Noel Gallagher's High Flying Birds.

Leia também : "Não voltaria com o Oasis nem se todas as crianças famintas dependessem disso", diz Noel Gallagher

    Leia tudo sobre: Andy BellBeady EyeOasis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG