Fãs invadem Graceland para os 35 anos sem Elvis Presley

Aniversário da morte do cantor é lembrado com shows, leilões e concursos na casa em que o artista morou, em Memphis

AFP |

AFP

AP
Show tributo a Elvis Presley em Memphis

Fãs de Elvis Presley estão se dirigindo para a propriedade do astro em Graceland para lembrar o aniversário, nesta quinta-feira (16), dos 35 anos de sua morte, e o entusiasmo em relação ao rei do rock 'n' roll parece que não diminui em nada com o passar dos anos.

Os organizadores da Elvis Week (Semana Elvis) anual esperam que a edição deste ano seja a maior já realizada até hoje, com a participação de sua viúva Priscilla e de sua filha Lisa Marie Presley.

"Elvis atrai fãs", afirmou Joe Guercio, diretor musical de Elvis Presley de 1970 até a morte repentina do astro, no dia 16 de agosto de 1977 aos 42 anos. "E não se pode dizer a mesma coisa de muita gente (no show business)", acrescentou.

Leia também: Elvis Presley x David Bowie, os dois astros nascidos em 8 de janeiro

Com nove dias de duração, a Elvis Week teve início em Memphis na última sexta-feira, centrada em uma tenda de 1.200 lugares, com ar condicionado e localizada no Elvis Presley Boulevard de Graceland, perto dos restos preservados do jatinho particular do cantor. Os destaques incluem uma vigília por toda a noite nesta quarta-feira nos portões de Graceland, onde os fãs neste ano terão a opção de acender velas de cera reais ou velas virtuais em um aplicativo de smartphone especial da Elvis Week.

Na quinta-feira (16), um show em um estádio da cidade - com a presença de Priscilla e de Lisa Marie, assim como dos membros remanescentes da banda de Elvis Presley - irá relembrar as raízes da lenda em blues, gospel e música country.

Leia também: Cripta de Elvis Presley é excluída de leilão após protestos

Também está incluído na Elvis Week o sexto concurso anual "Ultimate Elvis Tribute Artist", que reúne covers do astro - nunca, jamais, chame-os de imitadores - vindos de países tão distantes quanto Austrália e Japão. "Eu sempre pareço assim, com exceção de um pouco da maquiagem - mas o cabelo é sempre o mesmo, com costeletas e tudo", afirmou Rick Huntress, um premiado artista do Elvis Tribute de New England.

Na terça-feira, centenas de presidentes de fã-clubes de Elvis Presley conheceram as novidades lançadas pela Elvis Presley Enterprises, que supervisiona de perto os direitos de imagem póstuma do astro. Vaias bem-humoradas encheram a tenda 'Main Stage da Elvis Week' quando Carol Butler, vice-presidente de licenciamento internacional, revelou um personagem do Sr. Cabeça de Batata semelhante a Presley em um período "Aloha from Hawaii".

Outro item que agradou o público - foi recebido com aplausos - foi uma mala feita no Canadá estampada com um retrato aerografado de Presley. "É muito legal", afirmou Butler, que listou o preço do produto em US$ 100 (R$ 200). E em uma fusão transcultural de ícones da cultura pop, Butler apresentou Elvis em uma versão da boneca japonesa Hello Kitty. "Nós amamos isso", disse ela. "Ela é linda em sua pequena imitação de Elvis".

Em outra parte de Memphis, artefatos de Presley estiveram sob o martelo de um leiloeiro, incluindo um vidrinho de plástico vazio de tetraciclina, um antibiótico, receitado para Presley em 1974. Foi vendida por US$ 5,5 mil (R$ 11 mil). Um par de óculos de sol amarelos, feitos na Alemanha para o cantor, foi vendido por US$ 22,5 mil (R$ 45 mil), enquanto um relógio Longines de ouro - um presente de seu empresário, Coronel Tom Parker, - recebeu US$ 16 mil (R$ 32 mil), informou a Heritage Auctions. Mas outros itens do leilão, como um cartaz de um show de 1954 estimado em US$ 30 mil (R$ 60 mil), não conseguiram encontrar um comprador.

O cartaz foi feito a mão para um show que Presley fez perto de Memphis apenas alguns meses depois de ter lançado seu primeiro single de sucesso, "That´s all Right". Outras recordações vendidas incluíam um revólver Colt Python que o cantor usou para praticar tiro ao alvo no quintal de Graceland. Ele foi vendido por US$ 13,75 mil (R$ 27,5 mil).

    Leia tudo sobre: Elvis PresleymúsicaGraceland

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG