Grupo argentino mescla música indígena com elementos eletrônicos

Objetivo da dupla é resgatar as canções e a cultura dos povos nativos sul-americanos

BBC Brasil |

BBC

A dupla argentina Tonolec faz música misturando a língua indígena Qom, do norte do país, com elementos eletrônicos.

Segundo a cantora Charo Bogarín, que é descendente de um cacique guarani, o objetivo do grupo é resgatar as canções e a cultura dos povos nativos sul-americanos. Seu colega, Diego Pérez, diz que o dueto foi buscar a sonoridade da natureza, adaptando os elementos eletrônicos a ela.

Bogarín conta que reencontrou com suas origens indígenas ao produzir sua música. Ela diz que espera despertar o interesse dos jovens argentinos em aprender a cantar nas línguas indígenas, em vez de na língua inglesa.


    Leia tudo sobre: tonolecmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG