Disco terá 15 canções que inspiraram a autora E.L. James a escrever o best-seller erótico

Romance britânico mais vendido da história , "Cinquenta Tons de Cinza", da autora E.L. James, vai ganhar uma trilha sonora oficial em setembro. O álbum, de acordo com a Music Week, terá 15 canções clássicas que inspiraram a escritora a desenvolver a história.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Estou empolgada por saber que as músicas que me inspiraram na criação do livro estarão juntas num único álbum, dedicado aos fãs de 'Cinquenta Tons de Cinza'", disse James. Além de canções de Bach e Chopin, o disco conta com "Bachianas Brasilerias #5", de Villa-Lobos.

"Fifty Shades of Grey – The Classical Album" ("Cinquenta Tons de Cinza - O Álbum Clássico", em português) estará disponível para venda na Grã-Bretanha a partir de 17 de setembro.

Leia também: "Cinquenta Tons de Cinza" rende US$ 1 milhão por semana para a autora

"Cinquenta Tons de Cinza" narra a relação sadomasoquista entre a estudante de literatura ingênua Anastasia Steele e o empresário manipulador Christian Grey. Por causa do sucesso com o público feminino, majoritariamente formado por mulheres casadas com mais de 30 anos, a obra foi classificada nos EUA como "pornô para mamães".

A primeira parte da trilogia quebrou o recorde de vendas de livros de bolso na Grã-Bretanha , tornando-se a primeira obra a atingir mais rapidamente a marca de 1 milhão de cópias vendidas. Antes disso, ela já havia se tornado a primeiro a vender 1 milhão de cópias no Kindle, leitor digital da Amazon.

De inspiração em "Crepúsculo" a Hollywood: o fenômeno "Cinquenta Tons de Cinza"

O estúdio Universal e a Focus Features anunciaram em julho que os produtores Michael De Luca e Dana Brunetti serão responsáveis pela adaptação cinematográfica do best-seller , que ainda sem diretor ou elenco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.