Tempestade evacua Lollapalooza em Chicago, mas festival retorna no sábado

Organizadores fecharam portões do Grant Park por algumas horas; 100 mil pessoas voltaram para assistir shows de Franz Ferdinand, Frank Ocean e Red Hot Chilli Peppers, entre outros

iG São Paulo | - Atualizada às

O forte calor que afligiu Chicago no sábado (04) fez com que uma tempestade desabasse sobre a cidade norte-americana. Cientes das nuvens negras que se avizinhavam, os organizadores do festival Lollapalooza, que surgiu ali e estava com os ingressos esgotados, resolveram evacuar o Grant Park para não correr riscos.

Cerca de 100 mil pessoas tomaram os bares e restaurantes das redondezas, além de estacionamentos subterrâneos do parque, que serviram de abrigo quando o dia virou noite. Perto do fim da tarde, depois que chuva forte e ventos castigaram o local, os portões foram reabertos e o público pode voltar para conferir o resto da programação.

Siga o iG Cultura no Twitter

Algumas atrações, como Alabama Shakes, B.o.B e Temper Trap, foram canceladas, mas boa parte da escalação original foi mantida, graças à autorização da prefeitura de estender o encerramento do festival para as 22h30 locais, meia hora de tolerância.

Frank Ocean, Franz Ferdinand, Aloe Blacc e Bloc Party passaram pelos palcos do Grant Park. Red Hot Chilli Peppers encerrou a noite. Jack White, Justice, Florence + the Machine e Sigur Ros são alguns dos nomes que se apresentam neste domingo, terceiro e último dia do festival.

Leia também: "Lollapalooza vai acontecer no Brasil por 10 anos", afirma produtor

O Lollapalooza revelou ontem que vai ganhar uma edição em Israel em 2013, ao lado de Chile e Brasil, outros países que também sediam o festival. A versão brasileira foi confirmada no próximo ano ao longo de três dias, de 29 a 31 de março.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG