Maestro Severino Araújo, da Orquestra Tabajara, morre aos 95 anos

Músico estava internado havia 20 dias no Rio de Janeiro; enterro será neste sábado, no Cemitério São João Batista

iG São Paulo | - Atualizada às

Reprodução
Severino Araújo

O maestro Severino Araújo, da Orquestra Tabajara, morreu na manhã desta sexta-feira (dia 3) no Rio de Janeiro, aos 95 anos. O músico estava internado havia 20 dias no Ipanema Inn, por causa de uma infecção urinária, e teve falência de órgãos múltiplos.

Nascido no interior da Paraíba, Araújo assumiu o comando da Orquestra Tabajara aos 21 anos, apenas um ano após ingressar no grupo como clarinetista. Em pouco tempo, o grupo tornou-se popular no Nordeste e, em 1944, mudou-se para o Rio de Janeiro.

Estima-se que, durante toda a sua carreira, Araújo tenha feito aproximadamente 14 mil shows com sua orquestra. Também lançou mais de 100 discos, entre LPs e 78 rotações.

Além de maestro, Araújo também era compositor. Em seu currículo, estão clássicos como os choros "Espinha de Bacalhau" e "Um Chorinho em Aldeia".

A Orquestra Tabajara se apresentou sob o comando de Araújo até 2005, época em que o maestro apresentou problemas de saúde e foi substituído por seu irmão, Jaime. O enterro está marcado para o meio-dia deste sábado (4) no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

    Leia tudo sobre: Severino AraújoOrquestra Tabajaramúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG