Músicos como Tom Morello e Geezer Butler lamentam morte de Jon Lord

Tecladista e fundador do Deep Purple morreu nesta segunda-feira, aos 71 anos

iG São Paulo |

Músicos de várias gerações e estilos musicais lamentaram a morte de Jon Lord , tecladista e fundador do Deep Purple, vítima de uma embolia pulmonar aos 71 anos.

Tom Morello, guitarrista do Rage Against the Machine, lamentou a morte de Lord. "Obrigado por tantas ótimas músicas e por aquele som incrível", escreveu o músico no twitter.

Mike Portnoy, ex-baterista do Dream Theater, afirmou estar muito triste com a morte. "Ele foi um dos pioneiros dos teclados pesados e um verdadeiro cavalheiro", declarou.

"Fiquei muito triste ao saber da morte de Jon, depois de uma longa batalha contra um câncer demoníaco. Ele foi um dos grandes músicos da nossa geração", escreveu Geezer Butler, baixista do Black Sabbath.

O cantor e pianista Jamie Cullum chamou Lord de "herói". "Acho que ainda tenho um de seus moogs", escreveu no twitter, referindo-se a um dos teclados que Lord costumava usar.

"Estou extremamente triste pela morte de Jon Lord. Uma das pessoas mais legais e talentosas que eu conheci. Descanse em paz", disse o guitarrista Joe Bonamassa, também no twitter.

O ator Ewan McGregor também se manifestou. "Ele tocou com meu grande amigo Tony Ashton (músico britânico morto em 2001). Eles devem estar fazendo uma jam lá em cima agora", afirmou.

    Leia tudo sobre: Jon LordDeep Purplemúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG