Vocalista de banda de metal é acusado de matar fã

Randy Blythe, da Lamb of God, está detido na República Checa desde o dia 27 de junho

iG São Paulo | - Atualizada às

O vocalista da banda de metal Lamb of God, Randy Blythe, foi detido em Praga, na República Checa, onde o grupo deveria se apresentar na semana passada. O músico é acusado de ter causado a morte de um fã durante um show em 2010, quando teria empurrado o rapaz do palco.

Siga o iG Cultura no Twitter

Assim que pisou no país, na última quarta-feira (27), Blythe foi levado à delegacia, onde permaneceu preso até ser liberado após pagar uma fiança de aproximadamente R$ 405 mil. Mesmo assim, o roqueiro não deve deixar a República Checa até ser julgado.

A promotoria acusa Blythe pela morte de um jovem de 19 anos ocorrida no Klub Abaton, em Praga, após ele ter sido empurrado do palco pelo músico em maio de 2010. O rapaz faleceu 14 dias depois do incidente, por causa da contusão sofrida ao bater com a cabeça no chão. Se condenado, o vocalista pode pegar até dez anos de prisão.

De acordo com a assessora da banda, Maria Ferrero, "não houve briga alguma" durante a apresentação em questão. "O fato é que o fã pulou três vezes a barricada e empurrou Randy durante o show. Na terceira vez a segurança não conseguiu detê-lo e Randy o empurrou de volta para o púbico, onde ele supostamente caiu e bateu sua cabeça".

Os outros integrantes do Lamb of God retornaram aos Estados Unidos, onde cancelaram as apresentações marcadas. Pelo Twitter o guitarrista do grupo, Mark Morton, disse "esperar ansioso pela chance de abraçar o amigo".

    Leia tudo sobre: Randy BlytheLamb of Godmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG