Casa de shows Via Funchal vai fechar, afirma colunista

De acordo Sonia Racy, do jornal "O Estado de São Paulo", espaço foi vendido para incorporadora

iG São Paulo | - Atualizada às

Divulgação
Interior do Via Funchal

O Via Funchal, uma das principais casas de shows de São Paulo, estaria com data marcada para fechar. De acordo com a colunista Sonia Racy, do jornal "O Estado de São Paulo", o espaço foi vendido para a incorporadora Toledo Ferrari por mais de R$ 100 milhões e será demolido para dar lugar a um empreendimento imobiliário.

A agenda de shows da casa tem espetáculos até o dia 10 de novembro. O último show marcado é da banda americana Flogging Molly. Antes, o local ainda recebe nomes como a banda de metal Megadeth (5 de setembro) e o bluesman B.B. King (5 e 6 de outubro).

Fundada em 1998, o Via Funchal é uma das mais importantes casas de shows da capital paulista. Em seus quase 15 anos de histórica, o local já recebeu nomes como Bob Dylan, Coldplay, R.E.M., Norah Jones, New Order, LCD Soundsystem e Massive Attack, entre outros. Entre os brasileiros, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Marisa Monte e Ana Carolina já se apresentaram lá.

Procurada pela reportagem do iG , a assessoria do Via Funchal não foi encontrada para comentar a notícia

    Leia tudo sobre: Via Funchalmúsicashows

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG