Noel Gallagher faz show seguro em SP, mas não atende a apelos do público

"Se vocês querem ouvir músicas antigas, vão para casa escutar um CD do Oasis", disse o músico

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Photo Rio News
Noel Gallagher em São Paulo
Em entrevista realizada na tarde desta quarta-feira, Noel Gallagher afirmou que tentaria dar a seus fãs o que eles quisessem . Mas não foi bem isso que aconteceu poucas horas depois, quando o ex-Oasis se apresentou no Espaço das Américas, em São Paulo.

A certa altura do show, diante dos pedidos para que ele tocasse uma das canções de sua ex-banda (no caso, "The Masterplan"), Noel não apenas se recusou como disse que, se o público quisesse ouvir músicas antigas, que fosse para casa escutar um CD do Oasis.

Mas este momento de mau humor foi exceção. No geral, Noel aparentou estar bem feliz com a recepção do público brasileiro. Mas sem sair de sua característica personalidade discreta no palco - alguns sorrisos aqui, uns "hello São Paulo" ali e pronto.

A recusa em tocar "The Masterplan" também não significa que não houve canções do Oasis na apresentação. Foram oito das vinte músicas do show, concentradas no início ("It's Good To Be Free" e "Mucky Fingers" foram as duas primeiras) e no bis (a apresentação terminou com "Whatever", "Little By Little" e "Don't Look Back in Anger", esta com Noel deixando o público cantar o refrão sozinho).

As três do meio foram uma "Supersonic" acústica e mais "Talk Tonight" e "Half the World Away". No restante da noite, só músicas da recém-jniciada carreira solo de Noel. Muitas delas, a julgar pela reação dos paulistanos, já caíram nas graças dos fãs. Por exemplo, "The Death of You and Me" e "If I Had a Gun" - nesta, o músico até disse que o público poderia cantar junto se quisesse, sinal que confia no poder das novas composições.

O bis teve direito a uma surpresa: antes das três canções do Oasis, Noel cantou o lado B "Let the Lord Shine a Light on Me". Foi a primeira vez que a música foi apresentada ao vivo.

A inclusão da novidade, no entanto, fez com que a canção do Oasis "The Importance of Being Idle", presença constante nos shows mais recentes do músico, fosse excluída do repertório. Também neste caso, só indo para casa para ouvir um CD do Oasis.

Veredito: um show seguro e eficiente, que comprova o talento de Noel Gallagher para compor belas (ainda que pouco originais) canções pop. Veja abaixo a lista de músicas do show:

"(It's Good) To Be Free"
"Mucky Fingers"
"Everybody Is On the Run"
"Dream On"
"If I Had a Gun"
"The Good Rebel"
"The Death of You and Me"
"Freaky Teeth"
"Supersonic"
"(I Wanna Live in a Dream in My) Record Machine"
"AKA... What a Life!"
"Talk Tonight"
"Soldier Boys and Jesus Freaks"
"AKA... Broken Arrow"
"Half The World Away"
"(Stranded On) The Wrong Beach"

Bis

"Let the Lord Shine a Light on Me"
"Whatever"
"Little By Little"
"Don't Look Back In Anger"

    Leia tudo sobre: showsão paulonoel gallagheroasis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG