Justiça do Maranhão nega pedido de suspensão do Metal Open Air

Proibição do festival havia sido pedida pelo Ecad, que alegou não pagamento de direitos autorais

iG São Paulo |

Jorge Rosenberg
Megadeth, atração do Metal Open Air
A Justiça do Maranhão negou o pedido de liminar para suspender a realização do festival Metal Open Air. A suspensão havia sido requerida pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), que alegou que os organizadores do evento não pagaram o valor dos direitos autorais do evento.

O valor exigido pelo Ecad era de R$ 181,7 mil e, segundo a entidade, seria repassado aos autores das obras musicais executadas durante o festival.

O Metal Open Air começa nesta sexta-feira (20) e levará mais de 40 bandas a São Luis do Maranhão. Serão três dias de shows.

Leia também: Megadeth promete show longo e com surpresas para fãs

Entre as principais atrações do festival estão Megadeth, Exodus, Anthrax, Saxon e Rock'n'Roll Allstars, banda formada por nomes como Gene Simmons (Kiss), Duff McKagan (ex-Guns'n'Roses) e Sebastian Bach (ex-Skid Row).

"O ECAD teve tempo suficiente para identificar seus representados e formular defesa dos interesses deles. Formular a cobrança e pedir suspensão do festival, na véspera do evento, não pode ser admitido", declarou o juiz Alexandre Lopes de Abreu, da 7ª Vara Cível de São Luís.

"Não será por conta do Ecad e da cobrança dos direitos autorais que o festival será suspenso, pois esses valores poderão ser cobrados posteriormente. Quanto a esse assunto, o público pode ficar tranquilo. Os shows vão acontecer", finalizou o juiz.

    Leia tudo sobre: MegadethMetal Open Airmúsicashows

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG