15 anos da morte de Chico Science são lembrados em especial

Maratona e programa sobre origens do antigo líder da Nação Zumbi serão exibidos na MTV

Agência Estado |

Há casos excepcionais em que a importância de um artista é sentida ainda em vida. Apesar de ter morrido jovem, aos 30 anos, Chico Science foi um deles. Morto há 15 anos num acidente de carro, o pernambucano – junto com sua banda Nação Zumbi, o grupo Mundo Livre S/A, Otto e outros artistas – fundou um movimento inovador, o manguebeat, misturando influências de hip hop, rock e maracatu. Planet Hemp, O Rappa, Charlie Brown Jr, entre outras bandas, foram bastante influenciadas pelo movimento. Atualmente, grupos como Cordel do Fogo Encantado, Mombojó e Vitor Araújo dão continuidade a ele.

AE
Chico Science em São Paulo, em foto de 1994
Para relembrar a importância de Chico para a música brasileira, a MTV exibe hoje, às 23h30, o "Especial MTV: Chico Science - 15 Anos Depois". No sábado, a emissora transmitirá 24 horas de programação dedicada ao cantor e compositor. Nessa maratona, serão exibidos clipes, entrevistas, depoimentos sobre o artista, além da reexibição de programas antigos da casa em que Chico participou, como "MTV Ao Vivo", "MTV na Estrada" e "Discoteca MTV".

O especial, de 1 hora de duração, que será exibido hoje, terá a apresentação do músico e VJ China, conterrâneo de Chico. O VJ viajou para Recife e Olinda para investigar as referências musicais de Chico. Dentre os lugares visitados, está o bairro onde o homenageado nasceu, o Rio Doce. No lugar, China visitou a casa onde Chico morou quando criança, no tempo em que catava caranguejo no mangue para vender nas ruas. O VJ entrevistou amigos e familiares para traçar um panorama do artista antes e depois da fama. Dos entrevistados, está Rogê, dono do bar Soparia, que aparece na música "Macô", e também Maria Duda, ex-namorada e musa da música "Risoflora".

Ouça músicas e aprenda letras de Chico Science & Nação Zumbi no Vagalume

Nascido Francisco de Assis França, em Olinda, no dia 13 de março de 1966, Chico morreu em um acidente de carro, quando ia do Recife para Olinda, em 1997. Ele dirigia um Fiat Uno. Segundo a perícia feita no automóvel, o engate do cinto de segurança se soltou, podendo ter sido responsável pela morte do cantor. Recentemente, a montadora foi condenada a pagar uma indenização milionária à família do músico. O valor da indenização, no entanto, não chegou a ser divulgado.

Com o Nação Zumbi, Chico gravou os discos "Da Lama ao Caos" (1994) e "Afrociberdelia" (1996). Os dois foram incluídos entre os 100 melhores discos da música brasileira pela revista "Rolling Stone".

    Leia tudo sobre: chico sciencemtvmtv brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG