O ex-presidente do conselho diretor da casa de luxo francesa Hermès, Jean-Louis Dumas, que ocupou o cargo durante 28 anos, faleceu sábado em Paris aos 72 anos, informou a família.

O ex-presidente do conselho diretor da casa de luxo francesa Hermès, Jean-Louis Dumas, que ocupou o cargo durante 28 anos, faleceu sábado em Paris aos 72 anos, informou a família.

Membro da quinta geração surgida do fundador da casa criada em 1837 - seu pai contraiu matrimônio com uma das quatro filhas de Emile Hermès, neto de Thierry Hermès-, Jean-Louis Dumas era considerado a alma da 'Maison'.

"Sou presidente da Hermès, mas também diretor artístico. Meu trabalho é o de fazer entrar talentos em todos nossos setores", dizia, pouco antes de deixar a direção do grupo.

Sob sua batuta, a Hermès, deixou de ser um negócio familiar para se transformar em grupo mundial, convertendo-se em acionista de firmas como Leica ou Jean-Paul Gaultier SA.

Enfermo durante vários anos, Jean-Louis Dumas decidiu renunciar ao grupo em janeiro de 2006.

Mdf/lh/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.