Lula lamenta morte da mãe de Chico Buarque

Rio de Janeiro, 6 mai (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou hoje, em nota oficial, a morte de Maria Amélia Buarque de Holanda, mãe de Chico Buarque, para ele uma pessoa que aliava "ternura a firmeza, inteligência e preocupações sociais".

EFE |

Rio de Janeiro, 6 mai (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou hoje, em nota oficial, a morte de Maria Amélia Buarque de Holanda, mãe de Chico Buarque, para ele uma pessoa que aliava "ternura a firmeza, inteligência e preocupações sociais". Lula afirmou que, embora tenha nascido em família tradicional, Maria Amélia "lutou e apoiou as lutas pela liberdade e por uma sociedade mais igualitária" Na nota, o presidente também lembrou de seu último encontro com Memélia, como era conhecida, em janeiro passado, por ocasião do aniversário de 100 anos dela. "Eu a encontrei, como sempre, lúcida e demonstrando estar ligada às questões que afetam nosso país e nosso povo", afirmou Lula, que chamou a amiga de "um modelo de integridade e de vida". Maria Amélia, viúva do historiador Sérgio Buarque de Holanda, um dos fundadores do PT, morreu na noite da última quarta-feira no Rio de Janeiro, aos 100 anos, por causas naturais. EFE ed/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG