Romance perdido de Saramago chega às livrarias do Brasil

Escrito nos anos 50, "Claraboia" teve sua publicação vetada pelo escritor ainda em vida

EFE |

O romance "Claraboia", escrito nos anos 50 pelo escritor português José Saramago (1922 - 2010), chega às livrarias do Brasil e de Portugal pela editora Caminho na próxima segunda-feira (17). O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (14) na Feira de Frankfurt pela diretora da editora Alfaguara, Pilar Reyes, que comprou os direitos para publicar a obra em espanhol em breve.

Siga o iG Cultura no Twitter

Prêmio Nobel de Literatura em 1998, Saramago enviou o esquecido romance para sua editora pouco após escrevê-lo, mas a obra nunca chegou a ser publicada. Como o escritor português não havia guardado uma cópia do livro, o manuscrito acabou perdido nos arquivos da editora que, na década de 80, encontrou o romance em uma mudança.

Como nos anos 80 o escritor português já era consagrado, a editora demonstrou enorme interesse em publicar o romance. No entanto, Saramago não autorizou a publicação. Aparentemente, o escritor temia que o romance, escrito há 30 anos, não tivesse nada a ver com ele, embora tenha afirmado posteriormente que ainda se identificava com a obra. Mesmo assim, Saramago insistiu em não publicar, dando opção aos seus herdeiros para que publicassem a obra após sua morte, ocorrida em junho de 2010.

"Claraboia" aborda a história de uma casa e está escrita com uma linguagem mais convencional do que a maioria das obras posteriores de Saramago. Apesar de a edição impressa chegar às lojas somente na segunda-feira, uma edição digital já está disponível na internet.

    Leia tudo sobre: josé saramago

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG