Rio de Janeiro terá logradouro público com o nome de Saramago

Rua, avenida ou praça da cidade será batizada em homenagem ao escritor

EFE |

Getty Images
José Saramago: imortalizado na capital carioca
A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou um projeto de lei para batizar um logradouro da cidade com o nome do escritor português José Saramago, que morreu em 18 de junho aos 87 anos, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

Iniciativa do vereador Rubens Andrade (PSB), o projeto foi aprovado na quinta-feira em primeira discussão e só falta a sanção do prefeito Eduardo Paes para que uma rua, avenida ou praça da cidade leve o nome do único Prêmio Nobel de Literatura em língua portuguesa (1998).

Autor de obras como "Ensaio sobre a Cegueira" (1995) e "A Viagem do Elefante" (2008), Saramago recebeu também uma homenagem póstuma na última edição do Festival de Cinema do Rio de Janeiro, realizado em setembro. Na ocasião, a viúva de Saramago, a jornalista espanhola Pilar del Río, participou da apresentação do filme "José e Pilar", uma coprodução portuguesa, brasileira e espanhola, que conta com a participação do cineasta brasileiro Fernando Meirelles.

No formato de um documentário, "José e Pilar" retrata o processo de criação de "A Viagem do Elefante", a figura de Saramago como cidadão comprometido além de escritor universal, e a história de amor e cumplicidade entre o Prêmio Nobel e sua esposa.

Ainda está para ser definido que tipo de espaço público receberá o nome de José Saramago e em que parte da cidade ele estará situado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG