Morre o escritor argentino Rodolfo Fogwill

Autor do romance "Los Pichiciegos" tinha 69 anos e estava internado por conta de problema pulmonar

EFE |

O escritor argentino Rodolfo Fogwill morreu neste sábado em Buenos Aires aos 69 anos, informou a imprensa local.

Fogwill estava internado em um hospital "por um problema pulmonar provocado por seu vício em cigarro", informou em sua versão digital o jornal "Perfil", de Buenos Aires, do qual o escritor era colunista.

Entre suas obras, que foram publicadas fora da Argentina na América Latina, Espanha e Estados Unidos, se destaca o romance "Los Pichiciegos". Fogwill, também escreveu poemas, contos, crônicas e ensaios sobre comunicação, literatura e política.

    Leia tudo sobre: Rodolfo Fogwill

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG