Morre o desenhista cearense Al Rio

Artista tinha 40 anos e já havia desenhado histórias dos X-Men e Homem-Aranha

iG São Paulo |

Reprodução
O desenhista cearense Al Rio
O desenhista cearense Alvaro Araújo Lourenço do Rio foi encontrado morto nesta terça-feira (31) em sua casa, na cidade de Fortaleza. A causa da morte do artista, que tinha 40 anos, permanece desconhecida.

Siga o iG Cultura no Twitter

Al Rio fez parte da primeira leva de desenhistas brasileiros a entrar no mercado de quadrinhos norte-americano, ao lado de nomes como Mike Deodato e Marcelo Campos. Em mais de três décadas de carreira ele trabalhou em títulos importantes das editoras Marvel, DC, Vertigo, Dark Horse e Image, ilustrando personagens famosos como os X-Men, Capitão América, Hulk e Homem-Aranha.

Especialista em desenhar mulheres sensuais, Al Rio fez sucesso em gibis protagonizados por personagens femininas, como "Vampirella" (Dynamite Entertainment), "Voodoo" (WildStorm) e "Avengelyne" (Avatar).

    Leia tudo sobre: Al rioAlvaro Araújo Lourenço do RiomarvelDCquadrinhos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG