iG Recomenda: Quinquilharias Nakano

Tudo - ou nada - acontece na lojinha de bugigangas do senhor Nakano

Guss de Lucca, iG São Paulo |

Divulgação
Capa do livro Quinquilharias Nakano
Quinquilharias Nakano , livro escrito pela autora japonesa Hiromi Kawakami e publicado no Brasil pela Estação Liberdade, é quase que um diário sobre o que acontece com os funcionários da Quinquilharias Nakano, loja de bugigangas localizada em Tóquio, no Japão.

Narrada pela jovem e solitária Hitomi, a história aborda o cotidiano da loja, que além dela conta com a presença constante de seu patrão sexagenário, o senhor Nakano, e seu funcionário de poucas palavras, o faz-tudo Takeo - com eventuais visitas de Masayo, a artista plástica irmã do proprietário.

Dividida em capítulos, a obra aborda pequenos acontecimentos que circundam o estabelecimento sem ater-se a um conflito específico ou dilemas profundos. Da forma como foi escrita, ela permite que o leitor sinta-se por vezes como um cliente da loja que, de canto de ouvido, escuta diálogos interessantes sobre situações curiosas, como o tabu da sexualidade na terceira idade e um esfaqueamento executado com uma espátula.

Enquanto vislumbra um envolvimento amoroso, a protagonista Hitome tem sua perspicácia testada pelas filosofias do senhor Nakano, autor de frases célebres como "os jovens não sabem nada e isso me desagrada", "o problema é que se perde o elã quando se escolhe demais" e "como você é honesta! Isso deve lhe causar transtornos".

O fato de nada espetacular acontecer com seus personagens aproxima o livro de qualquer leitor, cuja vida segue alternando situações corriqueiras e algumas outras absurdas. É como se de alguma forma aquela pequena loja de objetos usados fosse tão familiar quanto a casa de um tio que, vez e outra, visitamos para colher causos e teorias curiosos.

O convite está feito, mas antes de aventurar-se pelas páginas de Quinquilharias Nakano esteja avisado: "Nossa loja comercializa quinquilharias. Não lidamos com antiguidades ou antigualhas".

Quinquilharias Nakano
Hiromi Kawakami
Estação Liberdade
R$ 46,00

    Leia tudo sobre: uinquilharias NakanoHiromi Kawakami

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG