História em quadrinhos "Peanuts" comemora 60 anos

Personagens criados por Charles M. Schulz continuam vivos em livros e jornais

Reuters |

A "Peanuts", história em quadrinhos que encantou centenas de milhares de pessoas pelo mundo com a excentricidades de Charlie Brown, Snoopy, Lucy e Linus, vai comemorar seu aniversário de 60 anos no sábado (02.10).

Reprodução
Linus e Charlie Brown em cena da versão animada dos "Peanuts", série baseada na obra de Charles Schulz
A tira original, desenhada por Charles M. Schulz, circulou pela primeira vez no dia 2 de outubro de 1950 em sete jornais, e continuou até o dia 13 de fevereiro de 2000, um dia após a morte de Schulz, aos 77 anos. No total suas histórias em quadrinhos apareceram em mais de 2 mil jornais, publicadas em 72 países e traduzidas para 21 línguas.

Siga o iG Cultura no Twitter

Seus adoráveis personagens, Linus com seu cobertor, a mandona Lucy com sua barraca de psicologia, o ansioso Charlie Brown e Snoopy, com sua máquina de escrever e fantasias diversas, atraíram crianças e adultos de todas as idades, aparecendo em livros, peças de teatro, programas de TV e filmes.

A filha de Schulz, Jill, atribui o sucesso fenomenal de "Peanuts" a seus temas universais. "A temática e os personagens abordam questões com as quais pessoas de todas as gerações conseguem se identificar, como vencer e perder. Não importa o quanto avançamos como sociedade, todos conseguem se identificar com eles", explicou.

Os personagens se tornaram como uma família para ela. "Eles eram como irmãos, mas não podiam discutir comigo."

Acesse a página de quadrinhos do iG

Jeannie Schulz, viúva do autor, acredita que o sucesso das histórias de seu marido se devia à capacidade de transmitirem emoções humanas comuns de forma simples. "As pessoas adoram a simplicidade e a clareza dos desenhos e da linguagem. Sempre sabíamos que os personagens lidavam com emoções, medos, desejos e inseguranças humanas", disse ela.

Tributos a Schulz e aos personagens de "Peanuts" devem ocorrer durante esse ano nos Estados Unidos e pelo mundo, em comemoração do aniversário.

Jeannie disse que seu marido teria gostado de saber que seus personagens ainda tinham tantos fãs. "Ele sempre quis fazer as pessoas felizes. Ele gostaria de saber que pessoas ainda estão gostando. Fazer os outros felizes era uma medida de sucesso para ele."

    Leia tudo sobre: PeanutsCharles SchulzCharlie BrownSnoopy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG