Edoardo Sanguineti morre em Gênova

Escritor italiano tinha 79 anos e foi vítima de um aneurisma abdominal

EFE |

Reprodução
O escritor Edoardo Sanguineti
O escritor italiano Edoardo Sanguineti morreu hoje no hospital Villa Scassi, em Gênova, sua cidade natal, aos 79 anos, após passar por cirurgia de urgência devido a um aneurisma abdominal, informou hoje o diretor do centro hospitalar, Mario Fisci.

Sanguineti chegou ao hospital no começo da manhã com fortes dores abdominais. Uma parada cardíaca no meio da cirurgia o levou a morte, precisou Fisci aos meios de imprensa italianos.

O intelectual, crítico e ensaísta foi um dos teóricos mais importantes do "Gruppo 63". Integravam esse movimento cultural que revolucionou nos anos 60 o cenário literário italiano Umberto Eco, Alfredo Giuliani, Elio Pagliarani e Nanni Balestrini.

    Leia tudo sobre: Edoardo Sanguineti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG