Uma Princesa de Marte é a primeira aventura da série sobre o planeta vermelho escrita pelo autor de Tarzan " / Uma Princesa de Marte é a primeira aventura da série sobre o planeta vermelho escrita pelo autor de Tarzan " /

Cowboy entre marcianos

Uma Princesa de Marte é a primeira aventura da série sobre o planeta vermelho escrita pelo autor de Tarzan

Antonio Querino Neto, especial para o iG Cultura |

Divulgação
Edgard Rice Burroughs, o pai de Tarzan
É impossível não vincular de imediato o nome de Edgar Rice Burroughs (1875-1950) ao de sua principal criação, o Tarzan. Embora as façanhas do homem macaco entre um cipó e outro sejam a sua faceta mais popular, o mais fascinante é que esse escritor de Chicago, que foi soldado da cavalaria e correspondente durante a Segunda Guerra, legou uma vasta obra de aventuras e histórias fantásticas de igual qualidade mas não tão célebres quanto o personagem imortalizado nas telas por Johnny Weissmuller.

O cenário pode ser Vênus, a África ou o centro da Terra. Em seu conjunto, todas trazem a sua marca registrada: o talento para arquitetar tramas de ação com vivacidade em generosas paisagens naturais, o confronto entre um mundo selvagem e a civilização, o gosto por uma vida guerreira e uma grande imaginação para descrevê-la nos mínimos detalhes. Pesquisas acadêmicas o viram não apenas como um dedicado discípulo de Júlio Verne e H.G.Wells mas também como um autor que celebrou uma espécie de self made man desafiando as limitações da vida moderna.

Uma boa amostra de sua literatura é Uma Princesa de Marte . Primeira história de uma série de contos de ficção científica que acabou virando uma coleção de 11 livros, a trama é protagonizada por John Carter, cavalheiro da Virgínia e herói da guerra civil americana. De uma típica cena de western, entre os apaches, cactos e desfiladeiros do Arizona, ele é transportado (sem nave, numa espécie de “projeção astral” ) para o planeta Marte, um rincão beligerante com problemas de falta de água e ar.

Divulgação
Lá, como um estrangeiro jogado num país exótico, Carter vai aprender a cultura local, vai ficar seduzido pela princesa prisioneira Dejah Thoris e se meter em muita encrenca no meio dos conflitos internos do planeta vermelho. O que prende no livro são as exuberantes e detalhadas descrições de Marte, o que inclui todo um peculiar sistema ético, a linguagem das emoções, a diversidade racial e a cruel visão de mundo de seus esquisitos habitantes. Podemos questionar se uma aventura publicada cerca de 100 anos atrás continua empolgante nos tempos atuais. Pelas qualidades da escrita de Burroughs, a resposta é afirmativa e a Disney / Pixar – que não brinca em serviço – já a está filmando sob a direção de Andrew Stanton ( diretor de Wall E ), com Taylor Kitsch, Lynn Collins e Willem Dafoe no elenco e previsão de estréia para 2012.

Uma Princesa de Marte
de Edgar Rice Burroughs
Tradução de Ricardo Giassetti
Editora Aleph, 269 págs, R$ 39,90

    Leia tudo sobre: uma princesa de marte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG