Confira 20 lançamentos imperdíveis da Bienal do Livro do Rio

iG seleciona obras para todo tipo de leitor que vai à feira que acontece de 1 a 11 de setembro

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro* |

Saudosistas
O escritor Ronaldo Conde Aguiar propõe com “Guia do Passado” (Casa da Palavra) um passeio pelos anos dourados dos cronistas Antônio Maria e Sérgio Porto (e suas Certinhas), falando de Marilyn Monroe, Elvis Presley e James Dean, da construção de Brasília, das chanchadas de Oscarito e Grande Otelo, do samba-canção, da bossa nova, do Maracanã de Pelé e Garrincha.

Papo mulherzinha
“Como fazer o amor dar certo” (Sextante) é o novo livro de Steven Carter , que vai à Bienal. Autor de mais de vinte livros sobre temas que abordam os universos masculino e feminino – entre eles “O que toda mulher inteligente deve saber”, “Homens gostam de mulheres inteligentes”, “Por que homens têm medo de compromissos?”–, Carter é especialista em autoajuda para casais.

Imortais
No sexto e último livro da série “Os imortais”, Ever e Damen começam uma nova jornada para que ele se livre do veneno em seu corpo. Se encontrarem o antídoto, poderão viver a paixão pela qual anseiam há séculos. Após uma apresentação no espaço Conexão Jovem, que terá início às 12h de sábado (3), Alyson Noël participará do lançamento de “Infinito” (ed. Intrínseca), o sexto e último livro da série "Os imortais", que acontecerá no estande da editora. Senhas para autógrafos (300) serão distribuídas a partir das 10h.

Empresarial
Lenda da publicidade mundial, o inglês Paul Arden (1940-2008) foi executivo e diretor de criação da agência Saatchi & Saatchi por 15 anos. Em “Não basta ser bom, é preciso querer ser bom” (Intrínseca), ele emprega a própria publicidade como metáfora para a prática empresarial. Seus conselhos irônicos e sofisticados, traduzidos em slogans e jogos visuais, contêm dicas sobre carreira e desenvolvimento profissional que são úteis tanto para um jovem recém-formado quanto para profissionais.

Ecologista
Em “Árvores de Rios - A história da Amazônia” (Senac-SP), John Hemming destrincha um panorama que mais parece ficção, mas é pura realidade. Em meio a povos indígenas, cientistas, jesuítas, presidentes e aventureiros, o americano aborda as múltiplas histórias da exploração da maior área verde do mundo.

Releitura
“O Pequeno Príncipe” formou e distraiu milhares de crianças do mundo todo. O livro francês mais vendido no mundo ganha agora uma versão para adolescentes. O poeta e empresário argentino A. G. Roemmers lança na Bienal do Rio “O Retorno do Jovem Príncipe” (ed. Fontanar), em que o personagem clássico de Saint-Exupéry retorna à Terra. Só que desta vez em nova fase da vida, a adolescência.

Pop
Hilary Duff , que ficou famosa por atuar em filmes e séries voltadas para o público adolescente, faz sua estreia no mundo literário com o romance “Elixir” (ed. iD). O livro narra a história de uma fotógrafa de 17 anos que, após o desaparecimento do pai em uma missão humanitária, começa a perceber a misteriosa presença de um jovem desconhecido em suas fotos. O romance foi sucesso de vendas nos EUA, chegando a entrar para a lista dos mais vendidos do New York Times.

Pais e Filhos
Com mais de 23 milhões de livros vendidos e traduzidos em 42 línguas, o autor francês Marc Levy lança “Tudo Aquilo que nunca foi dito” (Suma de Letras), sobre a relação conflituosa de um pai e uma filha. Após a morte do pai, Júlia recebe um enorme pacote e parte para a viagem mais extraordinária da sua vida. Essa seria a última surpresa deixada pelo pai, que dará a oportunidade para que eles se entendam.

Com fotos
O livro “FÉsta Brasileira – Folias, romarias e congadas” (Senac Editoras, Imprensa Oficial), é o resultado de um processo fotográfico de Eraldo Peres. Reunindo documentação e arte, luzes e cores são os principais elementos de criação do fotógrafo. A obra apresenta um olhar apaixonado e diferenciado, que valoriza pessoas no contexto de tradições diversas.

Aventureiro
Em “No Teto do Mundo” (Leya), Rodrigo Raineri, em parceria com o jornalista Diogo Schelp, relata como foram algumas de suas expedições mais difíceis e mais recompensadoras. O livro relata os esforços de Rodrigo para chegar ao topo do Monte Everest, a dor da perda de seu grande amigo e companheiro de expedição, a emoção de ver o mundo aos seus pés em 2008, a tentativa de voar do cume com um parapente, em 2011, e o desafio maior em uma escalada em situações extremas: voltar vivo.

Bullying
“Ratos” (Intrínseca) é um thriller que se tornou best-seller na Austrália e na Inglaterra. O autor Gordon Reece leva o bullying para além das fronteiras da escola e da idade. Em “Ratos”, Shelley e a mãe foram maltratadas a vida inteira. Têm consciência disso, mas não sabem como reagir — são como ratos, sempre entocadas e coagidas. Porém, até mesmo os ratos têm um limite, e o delas vai se revelar.

Best - seller
Segundo volume da série “As Canções do Serafim”, “'De amor e maldade” (Rocco), da veterana escritora Anne Rice, retoma a saga de Toby O’Dare. O ex-assassino de aluguel continua sua árdua jornada em busca da redenção após dez longos anos de crimes com a ajuda do serafim Malchiah – um anjo da mais alta hierarquia – e com seu próprio anjo da guarda, Shmarya. Anne Rice tem mais de 75 milhões de livros vendidos em três décadas de carreira.

Profano
Você tiraria suas dúvidas sobre sexo com um padre? Para alguns pode parecer estranho, mas foi a partir das indagações de muitos casais católicos – os quais buscaram o sacerdote polonês Ksawery Knotz para saná-las a respeito do assunto – que nasceu o livro “O sexo como vocês não conhecem – Para cônjuges que amam a Deus” (Paulus). O livro é conhecido como “Kama Sutra Católico”.

Menininhas
A obra de Kate Lum, “Princesas não são perfeitas” (Editora Farol Literário) é uma divertida história sobre três princesas com talentos especiais e que um dia resolvem trocá-los entre si, o que gera muita confusão. Ideal para as meninas de até 12 anos.

Trilogia
Morte, julgamento, céu e inferno. Estas são “As Últimas Quatro Coisas” (Suma de letras) a que o personagem de Paul Hoffman se apega na continuação da trilogia “A Mão Esquerda de Deus”. Nessa sequência, o autor dá novas dimensões a seus personagens e lança a seguinte questão: quando chegar a hora de decidir o mundo, de garantir a destruição da humanidade ou poupá-la, o que Thomas Cale fará? Irá expressar a vontade de Deus com a sua espada ou perdoará seus iguais?

Divulgação
Bienal de 2009: sempre repleta de novidades

Mundo real
“Justiça: pensando alto sobre violência, crime e castigo” (Nova Fronteira) é o novo livro do antropólogo e cientista político Luiz Eduardo Soares. Ele é um dos autores da “Elite da tropa”, que originou o filme de maior sucesso da bilheteria do cinema nacional. A obra é dedicada à juíza Patrícia Acioli, assassinada, em agosto deste ano, em Niterói.

Cibernético
“Steve Jobs por Walter Isaacson” (Companhia das Letras) é um livro baseado em cerca de 40 entrevistas com Jobs ao longo de dois anos e conversas com mais de cem familiares, amigos, colegas, adversários e concorrentes. Narra a vida atribulada e fascinante do executivo da Apple. Extremamente inventivo e de personalidade forte e polêmica, Jobs revolucionou seis grandes indústrias: a computação pessoal, o cinema de animação, a música, a telefonia celular, a computação em tablet e a edição digital.

Infanto-juvenil
“Não” (Editora Farol Literário) é uma emocionante história de um garotinho que, em meio à guerra, não desiste de enviar uma carta para o presidente. A obra de David McPhail, também ilustrador do livro, é um exemplo comovente de resistência e alternativas para os conflitos mundiais.

Fenômeno
Uma das principais atrações desta edição da Bienal será o lançamento, no Brasil, da série Geronimo Stilton, protagonizada por um ratinho que é dono de um jornal na Ratônia e passa pelas mais diversas aventuras com toda sua turma. Desde o primeiro dia do evento, o personagem estará diariamente no estande da ed. Planeta, sempre a partir das 14h, para autografar os quatro primeiros títulos lançados por aqui: “O meu nome é Stilton, Geronimo Stilton”; “Halloween... que medo!”; “A Maratona mais louca do mundo”; e “S.O.S. perdido no Espaço”.

Cerebral
Será na Bienal o pré-lançamento do primeiro livro da série “Ginástica Cerebral/Sequências, 50 jogos para exercitar o pensamento lógico” (Ediouro), do britânico Charles Phillips, mesmo autor do recém-lançado “Treine Seu Cérebro para Negócios - 100 jogos e exercícios para liderar, empreender e prosperar” e da série best-seller “Como Pensar”. O público que for ao estande da editora receberá gratuitamente uma mini-edição de "degustação" da obra, que chega às livrarias no final de setembro.

* Com colaboração de Luisa Girão

    Leia tudo sobre: bienal do livrohilary duffthalita rebouças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG