Autor policial James Patterson é o escritor mais bem pago do mundo

Segundo levantamento da revista Forbes, ele faturou R$ 133 milhões em um ano, deixando Stephanie Meyer para trás

iG São Paulo |

Getty Images
O escritor James Patterson
Nem Stephanie Meyer, nem J.K. Rowling. O escritor mais bem pago do mundo, segundo um levantamento feito pela revista Forbes, é James Patterson. O autor, famoso pela série de livros de mistério protagonizada pelo psicólogo forense Alex Cross, faturou US$ 84 milhões (cerca de R$ 133 milhões) entre maio de 2010 e abril de 2011.

A maior parte desses rendimentos vem de um contrato de US$ 150 milhões (R$ 237 milhões) que Patterson assinou em 2009 com sua editora, a Hachette Book Group, para a produção de 17 livros. Entre maio de 2010 e abril de 2011, ele lançou dez desses títulos. A alta produtividade é explicada porque ele trabalha com diversos co-autores.

Entre as obras de Patterson publicadas no Brasil estão "1º a Morrer", "Caçada ao Predador" e "Quando Sopra o Vento", entre outras.

A segunda colocada da lista é Stephanie Meyer, autora da série "Crepúsculo", com rendimentos de US$ 21 milhões (R$ 33 milhões). Apesar de alto, o número é bem menor do que a escritora havia conseguido no ano anterior, US$$ 41 milhões (R$ 64 milhões).

J.K. Rowling, da série "Harry Potter", lucrou "apenas" US$ 5 milhões (cerca de R$ 8 milhões) no ano passado. Uma explicação para o resultado relativamente ruim é que, até hoje, Rowling não permite que seus livros sejam vendidos em edições eletrônicas.

Em outubro, no entanto, ela vai abrir sua própria loja online, chamada Pottermore , que venderá versões eletrônicas de todos as suas obras.

    Leia tudo sobre: James PattersonStephanie MeyerJK Rowling

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG