Artista conta versão gótica de 'Branca de Neve'

Assinadas pela ilustradora Camille Rose Garcia, imagens surrealistas resgatam lado sombrio da história

iG São Paulo |

Tema de dois filmes que estreiam nos cinemas este ano ( "Branca de Neve e o Caçador" e "Espelho, Espelho Meu" ), o conto de fadas "Branca de Neve" ganhou nesta semana uma mostra gótica na Michael Kohn Gallery, em Los Angeles.

Assinadas pela ilustradora Camille Rose Garcia, as pinturas contam a história com inspiração gótica e surrealista. De acordo com a artista, ela está simplesmente e resgatando aspectos abandonados da história.

"Eu achava importante restaurar o lado sombrio do conto original. Existem passagens que não aparecem na versão da Disney, como quando a rainha pede ao caçador que traga os pulmões e fígado de Branca de Neve para ela devorá-los. Como ele acaba desistindo de matá-la, leva para a rainha os órgãos de um porco", explica Garcia.

Todas as ilustrações da exposição fazem parte de uma versão do conto de fadas recentemente publicada pela Harper Design nos Estados Unidos. Em 2010, a editora obteve sucesso ao lançar "Alice no País das Maravilhas" em meio a febre ocasionada pelo filme de Tim Burton .

Leia também: Super-heróis e madrastas da Branca de Neve invadem os cinemas em 2012

"Há um ano e meio eu planejava trabalhar com a 'Branca de Neve', mas meu editor queria que eu fizesse 'A Chapeuzinho vermelho', pois haviam anunciado um filme sobre a história. Mas assim que souberam de duas produções sobre a 'Branca de Neve' me deram carta branca", disse a ilustradora.

    Leia tudo sobre: Branca de neveCamille Rose Garcia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG