Veja frases do escritor Ariano Suassuna

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Autor de "Auto da Compadecida" morreu nesta quarta-feira (23), aos 87 anos, no Recife

O escritor Ariano Suassuna morreu nesta quarta-feira (23), aos 87 anos, vítima de uma parada cardíaca em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC). Autor de "Auto da Compadecida", ele era membro da Academia Brasileira de Letras e um dos principais nomes da literatura brasileira do século 20.

Leia também: Morre o escritor Ariano Suassuna, autor de "Auto da Compadecida"

O escritor Ariano Suassuna. Foto: DivulgaçãoO escritor Ariano Suassuna (06/05/2012). Foto: Rosilda Cruz/ SecultBAO escritor Ariano Suassuna (06/06/2012). Foto: Lello Santana/ Flickr CommonsO escritor Ariano Suassuna em foto de julho de 2013. Foto: Agência BrasilO escritor Ariano Suassuna em foto de julho de 2013. Foto: Agência BrasilO escritor Ariano Suassuna em foto de julho de 2013. Foto: Agência BrasilO escritor Ariano Suassuna em foto de julho de 2013. Foto: Agência BrasilO escritor Ariano Suassuna em foto de 2007. Foto: Agência Brasil

Veja frases de Ariano Suassuna:

- "Não troco meu oxente pelo ok de ninguém.”

- "Terceira idade é para fruta: verde, madura e podre."

- "O otimista é um tolo. O pessimista, um chato. Bom mesmo é ser um realista esperançoso."

- "Tenho duas armas para lutar contra o desespero, a tristeza e até a morte: o riso a cavalo e o galope do sonho. É com isso que enfrento essa dura e fascinante tarefa de viver."

-  “Arte pra mim não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa.”

- "Só o tempo determina se o que foi escrito fica."

- "A humanidade se divide em dois grupos, os que concordam comigo e os equivocados."

- "Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas."

- "Eu digo sempre que das três virtudes teologais , sou fraco na fé e fraco na qualidade, só me resta a esperança. Eu sou o homem da esperança."

- "Dizem que tudo passa e o tempo duro tudo esfarela."

- "A massificação procura baixar a qualidade artística para a altura do gosto médio. Em arte, o gosto médio é mais prejudicial do que o mau gosto... Nunca vi um gênio com gosto médio."

- "Tudo que é vivo, morre."

Leia tudo sobre: ariano suassunaliteraturaauto da compadecia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas