Projeção fará um percurso de quatro horas como parte das homenagens aos 110 anos de nascimento do autor

Um holograma do poeta chileno Pablo Neruda, morto em 1973, será reproduzido por algumas ruas de Santiado, capital do Chile, em comemoração aos 110 anos de seu nascimento. 

undefined
arquivo ap/divulgação
undefined

A figura holográfica do poeta vai sair da casa-museu "La Chascona", no bairro Bellavista, e "caminharará" pelo bairro passando pela alameda Bernardo O'Higgins e Biblioteca Nacional até a Casa Central da Universidade de Chile.

A Casa Central abriga a coleção de conchas e a biblioteca pessoal de Neruda, doados ao local em 1954, quando o poeta completou 50 anos.

No destino final do percurso, Neruda "encontra" Darío Ouses, diretor da Biblioteca Pablo Neruda, que falará sobre a publicação e processo de descoberta recente de 20 poemas inéditos do autor.

O holograma também vai fazer o caminho "de volta", em um total de quatro horas de "passeio". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.