Morre Ivan Junqueira, poeta e membro da Academia Brasileira de Letras

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Acadêmico ocupava a cadeira de número 37 da ABL; Insuficiência respiratória foi a causa da morte, aos 79 anos

Divulgação
Ivan Junqueira

O poeta, tradutor, crítico literário e jornalista Ivan Junqueira, de 79 anos, morreu nesta quinta-feira (3) de insuficiência respiratória. Ele estava internado há um mês no hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio de Janeiro.

Junqueira ocupava a cadeira de número 37 da ABL, a Academia Brasileira de Letras, há 14 anos. Geraldo Holanda Cavalcanti, presidente da ABL, decretou luto de três dias e lamentou.

“A morte do Acadêmico Ivan Junqueira é uma grande perda para a Academia. Acadêmico exemplar, Ivan engrandeceu a Casa à qual serviu durante 14 anos com exação, competência e dedicação. Grande poeta, mestre indiscutível nas artes do ensaio crítico e da tradução literária, Ivan deixa um legado que enriquece a nossa tradição e a história literária do Brasil”, disse Cavalcante.

O corpo de Junqueira foi velado no Salão dos Poetas Românticos, que fica no Petit Trianon da ABL. O enterro aconteceu no Cemitério São João Batista, às 15h.

Junqueira foi presidente da Academia e completaria 80 anos em novembro. Escreveu o premiado "O Outro Lado", que foi contemplado com o Jabuti da Câmara Brasileira do Livro. Também escreveu "Poesia Reunida", finalista do Prêmio Jabuti de 2006.

Entre suas traduções estão livros de T. S Eliot e Marguerite Yourcenar. Há ainda pelo menos dois livros inéditos do poeta, que serão lançados este ano.

Ivan Junqueira deixa viúva a jornalista e escritora Cecília Costa Junqueira, com quem teve o filho Otávio. Ele também deixa os quatro filhos do primeiro casamento: Suzana, Rafael, Raquel e Eduardo.

Leia tudo sobre: ivan junqueiraABLmorteAcademia Brasileira de Letras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas