Morre o escritor, poeta e político português Vasco Graça Moura

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Com romances, poesias e diversas traduções publicadas, autor morreu neste domingo (27) por complicações de um câncer

Reprodução/Youtube
O escritor Vasco Graça Moura

O poeta, escritor e político português Vasco Graça Moura, de 72 anos, que presidia desde janeiro de 2012 o Centro Cultural de Belém, em Portugal, morreu na manhã deste domingo (27). Aos 72 anos, Moura estava em tratamento de câncer.

Nascido em Porto, em 1942, o escritou formou-se em Direito pela Universidade de Lisboa, deixando de exercer a atividade durante os anos 1980. Em 2013, comemorou seus 50 anos de vida literária.

Vasco Graça Moura publicou romances, poesias, ensaios, crônicas e traduções. Traduziu para o português obras como 'A Divina Comédia', de Dante Alighieri, sonetos de Shakespeare, obras de Racine e 'Cyrano de Bergerac', de Edmond de Rostand.

Graça Moura era integrante do Partido Social Democrata (PSD, centro-direita) e foi eurodeputado entre os anos de 1999 e 2009. Esteve ainda na Imprensa Nacional, Casa da Moeda e presidiu a Comissão para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.

Leia tudo sobre: vasco graça mourapoetapolíticomorteescritorliteraturalivros

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas