Robert Crumb completa 70 anos e ganha antologia com as HQs mais escandalosas

Por Fernando Antonialli , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Um dos maiores nomes da contracultura, o cartunista norte-americano criou personagens como Fritz, The Cat e Mr. Natural; veja as publicações do autor à venda no Brasil

Frâncio de Holanda
Robert Crumb completa 70 anos

Um dos maiores nomes da contracultura norte-americana, Robert Crumb completa 70 anos nesta sexta (30). Criador de personagens como Fritz, The Cat e Mr. Natural, o cartunista ganhou destaque ao falar de sexo, drogas e violência em um período de grande repressão nos Estado Unidos. Essas características aparecem na compilação "A Mente Suja de Robert Crumb", que acaba de sair no Brasil pela editora Veneta.

Apenas com trabalhos pequenos e sem grande expressão no começo da carreira, Robert Crumb se destacou no final dos anos 1960 ao publicar a revista "Zap Comix". A publicação fazia frente à forte censura e ao autoritarismo da época e fez com que o cartunista se transformasse em um dos ícones da contracultura. Além disso, ajudou a colocar em pé o underground dos quadrinhos norte-americanos.

Imagen de miolo da antologia 'A Mente Suja de Robert Crumb'. Foto: DivulgaçãoImagen de miolo da antologia 'A Mente Suja de Robert Crumb'. Foto: DivulgaçãoImagen de miolo da antologia 'A Mente Suja de Robert Crumb'. Foto: DivulgaçãoImagen de miolo da antologia 'A Mente Suja de Robert Crumb'. Foto: DivulgaçãoImagen de miolo da antologia 'A Mente Suja de Robert Crumb'. Foto: Divulgação

Sexo, drogas e violência eram os assuntos mais abordados em seus trabalhos. Com uma marcante técnica de hachura, que cria a ilusão de volume e sombra por meio de linhas desenhadas paralelamente, ele deu vida a personagens marcantes e provocativos. São essas criações que estão presentes nas páginas da antologia "A Mente Suja de Robert Crumb".

No livro estão alguns personagens que já levam no nome a temática sexual presente no trabalho do cartunista. Sally Bunda Grande, Johnny Fuckerfaster (algo como Johnny "Fodermaisrápido") e Horny Harriet Hot Pants ("Excitada" Harriet "Tarada"). Por meio de seus desenhos, Crumb expunha suas próprias obsessões sexuais.

Siga o iG Cultura no Twitter

Agência Estado
O cartunista Robert Crumb faz graça durante a Flip, em 2010

"A Mente Suja de Robert Crumb" entra para a lista de publicações do cartunista que podem ser encontradas no Brasil. Seus mais marcantes personagens já foram traduzidos para o português em "Fritz, The Cat" (R$ 45), "Mr. Natural" (R$ 37), a autobiográfica "Meus Problemas com as Mulheres" (R$ 55) e "Bob e Harv - Dois Anti-heróis Americanos (R$ 55), todos da editora Conrad.

A HQ "Minha Vida" (Conrad, R$ 55) reúne trabalhos de Crumb desde o começo da carreira até o seu ponto mais alto. "Kafka de Crumb" (Desiderata, R$ 44,90) é a biografia que o americano fez do grande escritor tcheco.

Crumb voltou a gerar polêmica com seu último trabalho, "Gênesis" (Conrad, R$ 55). Na HQ, o autor representa em quadrinhos o texto integral do Gênesis, da Bíblia. Robert Crumb veio para o Brasil em 2010, quando foi uma das principais atrações da Feria Literária Internacional de Paraty (Flip).

Leia tudo sobre: robert crumbHQaniversário70 anoscontraculturaquadrinhos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas