Escritor Iain Banks morre dois meses após revelar câncer terminal

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Escocês de 59 anos é autor de "Uma Canção de Pedra" e série de livros de ficção científica

Reprodução
O escritor Iain Banks, em foto de 2009

O escritor escocês Iain Banks, 59 anos, morreu neste domingo (9), dois meses depois de revelar câncer terminal.

Conhecido no Brasil pelo livro "Uma Canção de Pedra", ele também é autor de "The Wasp Factory" e "The Crow Road", bem como de uma série de obras de ficção científica que assina como Iain M. Banks.

Siga o iG Cultura no Twitter

Autores usaram o Twitter para lamentar a morte de Banks. O também escocês Ian Rankin disse ter feito um brinde ao escritor com whisky, enquanto Val McDermid disse estar grata pelo que o amigo deixou e brava pelo quanto sentirá sua falta.

Em abril, Banks escreveu uma mensagem em seu site na qual cancelou todos os seus compromissos públicos futuros e disse que tinha poucas chances de viver mais de um ano. No texto, ele dizia que "The Quarry", com lançamento para esse ano, seria seu último romance.

O escritor soube da doença após procurar um médico em janeiro, por sentir dor nas costas. Em março, a gravidade da doença foi descoberta. O câncer na bexiga se espalhou para os dois rins e possivelmente o pâncreas, de modo que os médicos descartaram uma cirurgia.

Também no comunicado, Banks revelou ter pedido a namorada Adele em casamento e disse que os dois estavam em uma "breve lua-de-mel". "Queremos passar o tempo que temos juntos vendo amigos e visitando os lugares que significam muito para nós", disse.

Com BBC

Leia tudo sobre: iain banksliteratura

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas